Este Ciclo lunar devolve-nos o culminar de uma purificação emocional profunda, a vivência da Era de Peixes, onde a evolução da humanidade estava no contacto mais profundo com as emoções, com a bondade, com a caridade, carregando toda a experiência com a característica que delineava o percurso, a resignação, abnegação, auto anulação… foi o percurso que nos levou à empatia amorosa, ao encontro com a compaixão, mas também à revolta, zanga, tristeza e a campos mais obscuros e manipulativos… todo o aprendizado sobre a vivência emocional foi experienciado e quem comandou as regras foram as religiões, os rituais devocionais para purgar os actos movidos por emoções impulsivas e condenáveis…

Ao nível Transpessoal a minha visão é extremamente criativa deste nosso momento único na evolução humana…

Homem perdoa-Te a Ti… Nunca ninguém Te julgou, apenas foste participando num processo evolutivo do qual fazes parte…

És uma partícula dessa Criação e ÉS muito importante para todo o sistema de evolução da Terra…

Cabe Me a mim, neste ciclo levar-vos a um campo mais vasto e mais profundo sobre a Criação…

Tudo o que acontece na vossa vida, tem matrizes do inconsciente colectivo humanidade e sua história… Estamos num tempo onde devemos ter uma nova visão do nosso papel, da nossa responsabilidade colectiva e isso requer aproveitar este alinhamento planetário, onde todos os planetas que movem a personalidade, sol, lua, mercúrio, vénus, marte, estão alinhados em virgem, matriz oposta a peixes e onde através de todas as experiências que geraram tanto sofrimento para realmente integramos emoções mais elevadas como fraternidade, caridade, bondade, mas em simultâneo levaram-nos a integrar o lado oposto destas emoções, a raiva, a revolta, a tristeza, a vingança…

Numa crise experienciamos um movimento onde somos puxados por dois pólos opostos, devendo decidir pela adesão de uma delas, as oscilações emoções são muito fortes agora, pois as crises exigem que enfrentemos o momento de compreensão novo, uma nova atitude, um novo mecanismo, uma nova ordem de valores…

Este é o momento em que a demanda parece maior do que as reservas, é de facto uma ilusão, mas em simultâneo uma realidade no corpo de medo…

Deveremos ter uma extra atenção às nossas feridas emocionais, pois todas as vezes que estabelecemos um padrão mais elevado para a nossa vida, para Nós próprios e propomo-nos a atingi-lo, provocamos a crise… se essas crises não ocorrem-se na nossa vida, ficaria estagnada a evolução, transformando-se em frustração, apatia, desvitalização…
Quando resistimos às crises, quando queremos fugir delas, estamos a criar uma crise energética em todo o sistema e algo vai entrar em disfunção, pode manifestar-se internamente ou em algo que subitamente acontece na nossa vida…

Estar desperto é apenas ter maior controle sobre os seus mecanismos reactivos de medo, criar um contacto directo, consciente com eles, ser genuíno quanto ao contacto como interagem para o exterior, é o primeiro passo…

Sintam-nos, conversem com eles… perguntem-lhes de que têm medo, do que querem fugir, se existe algum segredo que tenham medo que seja descoberto, algo que preferiram esquecer para não sofrer…
Deixem-nos falar, são a voz das vossas feridas emocionais, quando elas tiverem voz activa dentro de Vós , podem estar cientes que iniciaram o caminho de auto cura…

Se as mantiverem silenciadas, não respeitaram as leis e princípios Universais da Energia, as vossas escolhas serão opostas e vão repetir a crise para impulsionar de novo o campo de elevação da Alma dentro da experiência Humana, através da crise resgatar o Amor mais elevado por si próprio…

Não existe nada que me condene, por me permitir viver de uma forma genuína, sem ter que me ocultar e escolho sempre libertar-me da voz que dentro de mim se opõe à minha mudança, por medo de ser julgado…

A eficácia de uma vida feliz só se desenvolve vivendo as crises e fazendo novas escolhas, experimentando sair do mesmo registo de repetição…
Acredito que neste momento, muitos de vós ao lerem , pensaram… mas Eu já fiz novas escolhas… mas não basta ficar na vontade , é preciso realizar a escolha, acompanhando-a de força e acção…

Ao fazermos escolhas novas estamos a criar condições internas para usarmos os nossos recursos próprios, de estados mais genuínos de amor por Nós e assim criamos um estado vibratório mais elevado da energia Amor, a verdadeira compaixão nasce…

Conhecem o caminho, sabem que é preciso viver toda a noite escura da Alma para a puder ajudar a sair das matrizes de culpa e punição, sendo assim, a vossa voz, as vossas mãos, o vosso abraço será genuíno em compaixão…

Percorre o teu caminho … Eu estou aqui, ajudo-te a levantar, mas não te evito a queda, pois é através dela que poderás um dia escolheres outro caminho… se quiser evitar a tua queda, estou a ajudar-te a parares a tua evolução… Estou contigo em compaixão, mas sigo o meu caminho onde outras escolhas vão minimizando as crises e dando-me uma estrutura forte e com novos alicerces…

Podemos proceder a viagem em águas mais calmas, temos a sabedoria do coração, a maior inteligência Humana, enfrentamos que a alegria e o progresso da nossa genuína natureza aconteceram através dos maiores desafios da nossa vida…

As crises na nossa vida produzem um crescimento interno profundo e restruturam todo o sistema de valores individuais, só assim se restabelece o auto respeito, auto valorização e Amor Próprio…

Um Abraço profundo de Amor e Compaixão Genuína por toda a Humanidade…
Ruth Fairfield

Incondicionalmente rendida ao Universo e às Leis da Vida

https://ruthfairfieldastro.wixsite.com/astrologia
https://www.facebook.com/ruth.fairfield
https://www.facebook.com/novo.cristal
Contactos telefónicos: 966425493 / 914632063

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Lifestyle diariamente no seu email.

Notificações

Os temas mais inspiradores e atuais estão nas notificações do SAPO Lifestyle.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.