“Gautama Buda nasceu por ocasião da lua cheia de Maio; e, segundo a tradição, obteve iluminação e morreu nessa mesma época do ano. Seja isso facto ou símbolo, é, em todo o caso, de importância capital para o estudo do simbolismo zodiacal, pois coloca grande ênfase no sentido profundo do signo Touro. Touro significa a subserviência do Homem ao ritmo natural da actividade humana. É o símbolo do "apego". Apego, aqui, não implica necessariamente um vínculo negativo ou compulsivo com a natureza, mas sim uma identificação muito profunda com as energias da natureza humana, com os processos evolutivos que operam dentro do Homem, normalmente de maneira subconsciente, e que nos conduzem às metas ordenadas pela Vida, ou por Deus" -

Dane Rudhyar in Tríptico Astrológico.

Touro é o segundo signo do zodíaco. Signo feminino, regido por Vénus, forma com Virgem e Capricórnio a triplicidade dos signos da Terra. Touro é a primeira Terra. É também um dos quatro signos fixos, juntamente com Leão, Escorpião e Aquário.

Em Carneiro despertamos para a vida. Todas as possibilidades e sementes são lançadas. Se em Carneiro é libertada a energia do fogo que representa o processo de identidade, o reconhecimento do sentido do Eu através da acção, é em Touro que concentramos e estabilizamos os impulsos e desejos iniciados em Carneiro. Touro dá forma aos caminhos abertos por Carneiro. O objectivo básico de Touro é realização e consolidação. Se em Carneiro lançamos a semente, é em Touro que aprendemos o seu valor. Semear não chega. É necessário regar, cuidar. E só cuidando podemos valorizar. É necessário saber usar os recursos disponíveis para que possamos colher.

É no signo de Touro que atraímos a matéria necessária para poder dar forma ao que foi iniciado em Carneiro.

Em Touro é adquirido um sentido de permanência, estabilidade, um sentimento de segurança.

Veja na próxima página a continuação do artigo

Touro compreende a beleza, aspira a ela e tem a perseverança necessária para superar todos os entraves à sua concretização. Touro dá-nos o pragmatismo necessário para a realização.

“Touro é o 1º Nível do Elemento Terra. A energia de Touro é a própria força da Terra, do Planeta, de Gaia. Simboliza a Natureza como primeva forma de Vida. Exprime a capacidade que o Homem tem de conhecer a Terra, de com ela se identificar. Touro é a posse da terra pelos sentidos, a segurança da experiência do homem na matéria.

Touro representa a estabilidade sobre a Terra, a capacidade de intuir a matéria pela via do Conhecimento Instintivo. O Taurino tem que cheirar, ver, agarrar, ser fisicamente desperto pela vibração mais pesada da energia que lhe ensina a dimensão do plano físico onde nasceu. Essa dimensão, que cada dia o limita e condiciona, mas onde se encontra seguro e se transcende.
A Terra do Touro aparece como a realidade exterior da qual, lentamente, o taurino se apropria pelo seu poder de realização, pela sua capacidade de construção, de edificação. Em Touro, o homem vai-se adaptando ao planeta Terra onde lhe foi dado nascer..." (António Rosa – artigo publicado no blog Cova do Urso).

Touro é a Encarnação. Aprender a lidar com o limite das formas e transcendê-las.
Touro é a compreensão da vida como manifestação da substância. Na terra ou em nós, os campos são férteis e os solos esperam a manifestação da vida. Utilizar os recursos, quer exteriores, quer interiores exige sabedoria e um senso claro de propósito. Sem propósito e valores a suportá-lo, caímos na grande ilusão do labirinto do Minotauro. Como Hércules, a consumação do trabalho é montar o touro. O touro é montado e dirigido sob o domínio do Homem. É a conquista dos desejos, utilizando os recursos num propósito mais elevado. Um senso de segurança que não vem do amor à matéria mas da capacidade de nos amarmos, amarmos os outros e amarmos o Planeta.

Veja na próxima página a continuação do artigo

Touro, regido por vénus (regente da personalidade), é a atracção magnética, atracção pela terra, pelas posses, por um sentido de segurança que lhe vem da matéria, do que tem. É com Vulcano (regente esotérico), Deus que trabalha o fogo no interior da terra, forja a matéria para receber o fogo do Espírito, o fogo do Sol, que touro destrói o apego à forma. Através do regente da Alma começa o desapego, o caminho em direcção à vida iluminada. Abrir o olho do Touro, é abrir a terceira visão, o terceiro olho, Ajna, a visão interior que possibilita a clarividência. Neste nível Touro exprime-se com uma vontade focalizada na concretização dos desígnios da Alma.

Características positivas: Paciente, prático, sensual, persistente, estável, amor-próprio, leal.
Características negativas: rigidez, teimosia, auto-indulgência, perspectivas estreitas, materialista, possessivo, lento.

Vera Braz Mendes

Astróloga, coach, Master practitioner em PNL
Apoio Individual

Email: verabrazmendes@gmail.com

Tel: 91 982 24 60

verabrazmendescreateyourlife.blogspot.pt

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Lifestyle diariamente no seu email.

Notificações

Os temas mais inspiradores e atuais estão nas notificações do SAPO Lifestyle.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.