Segundo dados citados no Relatório de Emigração de 2020, publicado pelo Gabinete da Secretária de Estado das Comunidades Portuguesas, Portugal era, em 2019, o primeiro país da UE com mais emigrantes em percentagem da população (25,7%).

Em contraste, no que respeita à percentagem de imigrantes na população residente, era um dos países que se situava abaixo da média da UE (8,7%). A conjugação de alta emigração e baixa imigração, em termos acumulados, situava Portugal no conjunto dos países europeus de repulsão, onde se encontravam também a Lituânia, Roménia, Bulgária e Polónia (que substituiu a Eslováquia que, de 2010 em diante, melhorou a sua posição relativa).

Com base nas estimativas de 2019 das Nações Unidas, entre 2017 e 2019, observa-se uma diferença de perto de 400 mil emigrantes entre os dois anos (sendo o valor menor o de 2017). Não é possível saber se essa diferença é devida a problemas técnicos da estimativa (o mais provável) ou a qualquer mudança real no stock mundial de emigrantes portugueses.

Segundo aquelas estimativas das Nações Unidas, haveria, em 2019, mais de 247 milhões de migrantes internacionais espalhados pelo mundo, número que correspondia a 3,4% da população mundial. A mesma organização estimava que destes 247 milhões de migrantes, 2,6 milhões seriam portugueses. Ou seja os emigrantes portugueses representariam, em 2019, 1% do número total de emigrantes, percentagem sete vezes superior ao peso da população de Portugal na população mundial total (0,13%).

Não sendo um dos grandes países de emigração, como o México ou a Índia, com mais de 11 milhões de emigrantes cada, Portugal era, em 2019, o 26.º país do mundo com mais emigrantes. Na Europa, apenas sete países tinham populações emigradas mais numerosas: Federação Russa, Ucrânia, Polónia, Reino Unido, Alemanha, Roménia e Itália, por ordem decrescente. Porém, se ponderarmos o número de emigrantes pela população do país de origem, Portugal subia várias posições na hierarquia. Com uma taxa de emigração de 26%, Portugal era, neste indicador, o 8.º país do mundo com mais emigrantes.

Veja aqui a lista dos 10 países do mundo com mais emigrantes

Um bocadinho de gossip por dia, nem sabe o bem que lhe fazia.

Subscreva a newsletter do SAPO Lifestyle.

Os temas mais inspiradores e atuais!

Ative as notificações do SAPO Lifestyle.

Não perca as últimas tendências!

Siga o SAPO nas redes sociais. Use a #SAPOlifestyle nas suas publicações.