Andréia Garcia, a viver em Portugal desde 2007, decidiu largar todas as suas atividades e dedicar-se à fotografia. "Tudo começou de forma inesperada. Eu não tinha nenhuma ligação com a área e nem ninguém da minha família trabalhou nesse ramo, mas eu tive essa necessidade de mudança", conta.

Andréia relata que já trabalhou como bancária na Caixa Económica Federal e no Sicredi e continuou a trabalhar na área da gestão ao chegar em Portugal. Andréia conta que foi numa viagem de férias que fez ao Brasil com o seu filho que teve o primeiro interesse real pela área.

"Eu encontrei alguns amigos que são filhos de fotógrafos e que também já trabalham com fotografia e fui procurando as informações iniciais. Depois disso eu passei a pesquisar bastante. Pesquisei sobre todas as áreas da fotografia", relata.

"Inicialmente interessei-me por trabalhar a fotografar casamentos. Mas, pelo facto do meu filho ainda ser pequeno, não queria ficar distante dele nos fins de semana. Foi aí que nasceu a ideia de fotografar grávidas e bebés. Normalmente as mamãs estão de licença maternidade e isso faz com que elas estejam livres com os seus bebés nos dias de semana", relata.

Para Andréia, não há nada que caracterize mais um empreendedor do que arriscar. "Imagine deixar tudo, formação e carreira consolidada, para buscar uma área que você não tem afinidade alguma? Foi um risco, mas muito gratificante quando comecei a colher os frutos. Hoje sinto.me totalmente realizada pelo que fiz", fala.

Hoje, Andréia Garcia é uma profissional conhecida em diversos países e realiza formações presenciais e on-line.

"Já palestrei em países como: Brasil, Espanha, Itália, Portugal", conclui a fotógrafa premiada em Portugal.

Algumas fotos tiradas por Andréia Garcia

Um bocadinho de gossip por dia, nem sabe o bem que lhe fazia.

Subscreva a newsletter do SAPO Lifestyle.

Os temas mais inspiradores e atuais!

Ative as notificações do SAPO Lifestyle.

Não perca as últimas tendências!

Siga o SAPO nas redes sociais. Use a #SAPOlifestyle nas suas publicações.