A L'Oréal anuncia o lançamento do primeiro frasco cosmético feito de plástico inteiramente reciclado utilizando tecnologia enzimática, e pretende colocar em produção esta inovação disruptiva em 2025. A Biotherm será a primeira das marcas do Grupo a lançar um produto nesta embalagem inovadora.

A tecnologia desenvolvida pela Carbios, pioneira no desenvolvimento de soluções biotecnológicas para a reciclagem de plásticos PET (de tereftalato de polietileno, é o plástico mais frequentemente reciclado), prepara o caminho para o fabrico de novos produtos concebidos a partir de materiais 100% reciclados, obtidos através do seu processo enzimático.

Tem a vantagem de ser adequado para todos os tipos de PET - claro, colorido, opaco e multicamadas - e de tornar estes plásticos infinitamente recicláveis.

Jacques Playe, Packaging and Development Director da L'Oréal, afirmou: "Estamos a trabalhar com a Carbios desde 2017 para desenvolver esta primeira garrafa feita de PET, derivada da tecnologia de reciclagem enzimática, uma alternativa à reciclagem mecânica. Temos o prazer de anunciar a viabilidade destas garrafas numa fase piloto e estamos muito satisfeitos por estarmos em condições de criar a embalagem do futuro com os nossos parceiros. Esta é uma inovação promissora para os próximos anos que demonstra o nosso empenho em trazer para o mercado embalagens mais ecológicas e que faz parte de uma iniciativa de circularidade iniciada há mais de 15 anos".

Giulio Bergamaschi, Global Brand President da Biotherm, observou: "A Biotherm é pioneira em cosméticos eco-responsáveis e colocou as embalagens sustentáveis e a redução de resíduos no centro da sua estratégia. Estamos muito satisfeitos por sermos a primeira marca de beleza a lançar uma garrafa completamente reciclada utilizando plástico da tecnologia disruptiva da Carbios".

Em 2017, para promover o desenvolvimento de soluções inovadoras de reciclagem de plásticos e trabalhar em conjunto para industrializar a tecnologia, a L'Oréal criou um consórcio com a Carbios, ao qual a Nestlé Waters, a PepsiCo e a Suntory Beverage & Food Europe aderiram desde então.

Com o "L’Oréal for the Future", o novo programa de sustentabilidade da L'Oréal para 2030, o Grupo deu mais um passo em direção à transformação do seu negócio e estabeleceu novos objetivos ambiciosos, particularmente na área de packaging.

Até 2025, 100% das embalagens de plástico serão recarregáveis, reutilizáveis, recicláveis ou compostáveis. Até 2030, 100% das embalagens de plástico serão derivadas de materiais reciclados ou de base biológica, e o Grupo deixará de utilizar quaisquer plásticos virgens de origem fóssil.

100% dos ingredientes utilizados nas suas fórmulas e todos os materiais de base biológica serão rastreáveis e provirão de fontes sustentáveis até 2030.

Um bocadinho de gossip por dia, nem sabe o bem que lhe fazia.

Subscreva a newsletter do SAPO Lifestyle.

Os temas mais inspiradores e atuais!

Ative as notificações do SAPO Lifestyle.

Não perca as últimas tendências!

Siga o SAPO nas redes sociais. Use a #SAPOlifestyle nas suas publicações.