Nos quatro projetos de lei, PCP, Bloco de Esquerda, Verdes e PAN propunham proibir o plástico supérfluo nas embalagens primárias, secundárias e terciárias dos produtos, argumentando com a produção de menos lixo plástico e a proteção dos consumidores que acabam por pagar por embalagens que não pediram e de que não precisam.

PS e PSD afirmaram estar de acordo com o princípio da redução de material plástico nas embalagens e do aumento das taxas de reciclagem, mas consideraram que as propostas dos quatro partidos criariam distorções no mercado e desvantagens para as empresas portuguesas do setor de embalagem.

PCP, Verdes, Bloco, PAN, Chega e a deputada não inscrita Joacine Moreira votaram a favor dos quatro projetos de lei.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Lifestyle diariamente no seu email.

Notificações

Os temas mais inspiradores e atuais estão nas notificações do SAPO Lifestyle.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.