Vantagem em diversificar fundos de investimento

É simples e todos percebem facilmente que devem evitar colocar todo o dinheiro investido no mesmo produto. É muito aliciante quando se ganha, mas os riscos são grandes e uma perda significa um rombo substancial nas poupanças.

Imagine que decide investir uma determinada quantia em ações. Se colocar todo o montante em ações de uma mesma empresa corre o sério risco de perder o investimento pois nenhuma empresa está livre de sofrer um revés.

Se, por outro lado, dividir o valor investido por ações de 10 empresas, só uma catástrofe de dimensões consideráveis o fará perder todo o dinheiro. As perdas de umas podem ser sempre compensadas pelos ganhos das outras.

Consciente da necessidade de diversificação, o investidor deve ter sempre em conta os países, os setores e divisas que oferecem o melhor rendimento tendo em conta os riscos.

Os fundos de investimento são opção

Perante toda a incerteza do negócio e das diversas variáveis que estão em cima da mesa quando se fala de investimento, percebe-se que a diversificação é crucial mas nem sempre uma aposta garantida. É preciso método e conhecimento do negócio e dos ativos de valor de uma empresa.

Também por isso, os fundos de investimento apresentam-se como uma boa opção para quem pretende investir, pois os gestores profissionais realizam todo este trabalho permitindo retornos mais elevados com menor capital investido.

Um fundo de investimento bem diversificado terá ações de empresas de diferentes sectores, de vários países e regiões, e obrigações emitidas em diferentes divisas.

Esta diversificação serve como almofada de segurança ao investidor. Pode perder de um lado mas compensar com os ganhos obtidos nos restantes produtos incluídos no fundo.

Além disso, como o fundo é um pote onde diversos investidores colocam o seu dinheiro, o gestor pode aplicar uma quantia maior, permitindo ganhos mais elevados, que um investidor individual teria grande dificuldade em alcançar. Claro, na altura de escolher, terá de ter em conta que, além dos impostos, há comissões de intermediação cobradas pelas instituições financeiras - mas essas comissões em princípio compensam pelo conhecimento dos mercados e das melhores oportunidades de investimentos que essas instituições apresentam.

Um bocadinho de gossip por dia, nem sabe o bem que lhe fazia.

Subscreva a newsletter do SAPO Lifestyle.

Os temas mais inspiradores e atuais!

Ative as notificações do SAPO Lifestyle.

Não perca as últimas tendências!

Siga o SAPO nas redes sociais. Use a #SAPOlifestyle nas suas publicações.