Quais os níveis de retorno que temos conseguido?

O investimento em Fintechs que temos realizado tem gerado níveis de retorno entre 7% e 12%. Outros investidores que vão tendo mais histórico do investimento e com quem nos cruzamos relatam retornos também nesta ordem de valores. Veja, por exemplo, como temos conseguido retornos e 10% com um risco controlado e avalie por si.

Quais os riscos associados?

As Fintechs são empresas financeiras com uma base tecnológica. Dito isto, não são bancos nem instituições financeiras. Sendo certo que alguns países colocam estas entidades sob a alçada do regulador financeiro, é também certo que a regulação não é tão rigorosa ou restritiva.

Para além do risco associado à entidade comercializadora, temos também o risco do negócio propriamente dito. Assim, se investimentos em créditos de empresas, temos o risco dessa empresa não devolver o capital e os juros. Se emprestamos a particulares, temos o risco correspondente ao incumprimento.

A relação risco / retorno compensa?

Não existe uma resposta que seja generalizada para todas as plataformas que conhecemos. Existem plataformas com uma ótima relação entre o risco e o retorno e outras em que o retorno não justifica. Esta opinião está também relacionada com os níveis de garantias adicionais que estas plataformas conferem. Por exemplo, só investimos em créditos com garantia de recompra.

O que fazer?

Qualquer investimento está dependente da sua posição face ao risco, do seu nível de conhecimento e dos seus objetivos. Defendemos sempre que devemos conhecer os riscos, que devemos apenas investir em ativos que conhecemos e que devemos saber sempre quais os nossos objetivos. Simples?

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Lifestyle diariamente no seu email.

Notificações

Os temas mais inspiradores e atuais estão nas notificações do SAPO Lifestyle.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.