Ao contrário daquilo que algumas tradições da sociedade teimam em afirmar há varias gerações, sobre o amor romântico como sendo um sentimento, atualmente conseguimos possuir conhecimento suficiente para afirmar que afinal é um mito.

“O amor romântico não é um sentimento é um impulso fundamental de acasalamento do ser humano”.  Dra Helen Fischer.

Se o amor romântico é um sentimento porque é que muitas pessoas reagem destrutivamente, ao ponto de mentir, enganar, magoar, manipular, agredir, etc.?

Segundo o Dr. Don Pfaff, o impulso é um estado neural que estimula e orienta o comportamento com vista a adquirir uma necessidade biológica especifica para sobreviver ou reproduzir-se.

Associamos o amor ao coração, à paixão, à atracção, à dependência, ao prazer como se tratasse de um sentimento, todavia, segundo as últimas investigações, o amor está associado ao sistema de recompensa do cérebro. Todavia, o amor está relacionado com uma necessidade para viver: precisamos de ser amados e amar o outro.

O que é que acontece quando o amor não é correspondido? Quando o amor é rejeitado, sentimos raiva, frustração e sofrimento porque a nossa necessidade não foi satisfeita - não é o sentimento.

Amor romântico é uma aliança que se constrói a partir da paixão, do sexo, da partilha, da confiança e da intimidade. Para construir essa aliança transcendental é preciso empenhamento e compromisso, preocuparmo-nos com o desenvolvimento espiritual do/a parceiro/a. Tal como já referi, ao contrário daquilo que algumas pensam sobre o amor e o sentimento, na realidade os sentimentos vão e vêm, dependendo do nosso estado de humor.

“ O amor e o não amor, como o bem e o mal, são fenómenos objetivos e não puramente subjectivos”.  Scott Peck.

Amor romântico é honestidade, compromisso, assertividade, é adiar a gratificação, é independência, intimidade, desapego, reconhecimento mútuo, por outro lado também implica o risco da perda, da independência, do desapego, da confrontação e do compromisso.

Exclusivamente para si, uma excelente semana. Pratique o amor despegado, honesto e seja feliz.

Por João Alexandre Rodrigues

Addiction Counselor

Tel.:91 488 5546

xx.joao@gmail.com

http://www.facebook.com/joaoalexx

Um bocadinho de gossip por dia, nem sabe o bem que lhe fazia.

Subscreva a newsletter do SAPO Lifestyle.

Os temas mais inspiradores e atuais!

Ative as notificações do SAPO Lifestyle.

Não perca as últimas tendências!

Siga o SAPO nas redes sociais. Use a #SAPOlifestyle nas suas publicações.