Cada vez que alguém refere a palavra hambúrguer que ideias acorrem à sua mente instantaneamente? Saudável, equilibrado e light?

Talvez não. Pois foi exactamente com a mesma expressão de surpresa que cientistas, nos finais dos anos 70, se depararam com uma substância especial: o CLA.

Tudo aconteceu quando uma equipa da Universidade do Wisconsin resolveu analisar o prato favorito dos norte-americanos (o hambúrguer) em busca de substâncias cancerígenas e encontrou uma que tinha o efeito contrário. Tratava-se do ácido linoleico conjugado, um ácido gordo cuja acção antioxidante veio a revelar inúmeros benefícios, nomeadamente ao nível da perda de peso. Desde então tem sido alvo de estudos que lhe atribuem virtudes, sendo um elemento central na composição de alguns suplementos alimentares.

Círculo poderoso

Perder peso não é tão fácil como desejaríamos e, verdade seja dita, mesmo quando a missão é cumprida com êxito, podem surgir outras situações igualmente indesejadas. É o caso da flacidez ou da perda de massa muscular, resultantes da redução drástica de nutrientes e de uma dieta que não responde às necessidades energéticas do organismo.

Para além de se seguir uma alimentação equilibrada é importante praticar actividade física. Deste modo, está-se a garantir uma perda de peso gradual, inserida num estilo de vida dinâmico, o que se reflectirá na balança e no espelho, ao reduzir o risco de flacidez. Ainda assim, por vezes, é necessária uma ajuda extra para que o peso excessivo desapareça sem deixar sequelas. É aqui que entra o CLA, o ácido linoleico conjugado.

Siglas mágicas

Alvo de inúmeros estudos desde os finais dos anos 90, altura em que a substância foi efectivamente baptizada, o CLA tem-se apresentado como uma substância promissora. Pesquisas atribuem-lhe propriedades antioxidantes e anti-cancerígenas assim como benefícios na redução da gordura corporal e até mesmo do apetite.

Mas a sua acção não termina aqui. Enquanto contribui para a diminuição de peso, o CLA favorece a formação de massa muscular. Isto porque, por um lado, estimula o gasto de energia pelo organismo e, por outro, redirecciona as gorduras para os músculos, contrariando o risco de perda de massa muscular que acompanha muitas vezes a redução de peso.

Adivinhar o futuro

Presente em produtos de origem animal, como a carne vermelha ou os lacticínios, o CLA é importante devido ao seu poder regulador na absorção de gorduras pelo organismo.

Contudo, para usufruir de todos os seus benefícios seria preciso ingerir quantidades consideráveis de alimentos que o incluem, ou seja, consumir muitas calorias. Face a este dilema vários laboratórios conceberam fórmulas ricas em CLA que podem ser consumidas sob a forma de suplemento.

Sabia que...

Os desportistas são alguns dos adeptos do CLA, dada a sua acção na redução de gordura e reforço de massa muscular.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Lifestyle diariamente no seu email.

Notificações

Os temas mais inspiradores e atuais estão nas notificações do SAPO Lifestyle.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.