Escolher bem o que come e bebe, evitar ambientes poluídos e dormir o suficiente são medidas fundamentais.

A escolha de alimentos ricos em vitamina C, presente na fruta em geral, mas especificamente nos citrinos é uma boa opção no combate às infeções. Outro nutriente essencial para reforçar as nossas defesas são os betacarotenos, presentes particularmente em hortofrutícolas alaranjados (ex.: pimento amarelo, cenoura, pêssego). Não menos importante, o zinco, presente em alimentos como o pescado e leguminosas, mas também os ácidos gordos ómega-3, presentes em peixes gordos têm um papel importante nas respostas de defesa.

Para a obtenção destes nutrientes, entre outros, aconselha-se seguir uma alimentação mediterrânica, rica em hortofrutícolas, peixe e cereais integrais.

Outra forma adicional para manter as vias respiratórias fortalecidas, passa por ter as mucosas bem hidratadas. A ingestão abundante e regular de água permite combater e expulsar agentes agressores com maior facilidade, bem como diminuir a expetoração. Como nesta altura do ano existe uma reduzida apetência para o consumo de água, experimente bebê-la na forma de infusões, tisanas, chás e cevadas.

 Pequenas ações podem fazer grandes diferenças.

Dra. Joana Pinheiro (Nutricionista)

Notificações

Os temas mais inspiradores e atuais estão nas notificações do SAPO Lifestyle.