Se está a fazer uma dieta drástica, saiba que essa está longe de ser uma das melhores maneiras para perder peso. Diminuir radicalmente a ingestão de calorias abranda o metabolismo e o organismo armazena gordura como mecanismo de proteção natural. Fazer poucas refeições é outro dos erros que muitos cometem. O ideal é fazer três refeições por dia, intervaladas por pequenos lanches de forma a nunca sentir fome.

Saltar o pequeno-almoço para ingerir menos calorias está completamente fora de questão. Esta é a refeição mais importante porque põe fim a um longo período de jejum. Ingira pelo menos 25% das necessidades calóricas diárias. Fazer uma alimentação monótona é outra das incorrecções. Uma alimentação saudável inclui todo o tipo de nutrientes. Aposte nos vegetais e na fruta mas não se esqueça das proteínas e dos hidratos de carbono.

As gorduras insaturadas, apesar de serem desaconselhadas, também não devem ser totalmente abolidas. E também não se pese a toda a hora! A obsessão pela balança pode gerar-lhe ansiedades que o levarão a ingerir mais comida, como sugerem inúmero estudos nacionais e internacionais. Abusar dos produtos light é outro dos comportamentos que deve evitar, como alertam e também recomendam muitos especialistas.

Os alimentos com a denominação diet nos rótulos podem até ter menos gordura mas, muitas das vezes, oferecem excesso de açúcar, especialmente as bolachas e os bolos produzidos industrialmente, que tendem a aumentar a gordura abdominal. O perímetro da cintura é mais importante do que o seu peso total, pois a gordura que se instala na barriga é a mais perigosa. Veja, por isso, os alimentos que deve privilegiar para a perder.

Um bocadinho de gossip por dia, nem sabe o bem que lhe fazia.

Subscreva a newsletter do SAPO Lifestyle.

Os temas mais inspiradores e atuais!

Ative as notificações do SAPO Lifestyle.

Não perca as últimas tendências!

Siga o SAPO nas redes sociais. Use a #SAPOlifestyle nas suas publicações.