O foco de infeção “foi detetado na quarta-feira à noite e na quinta-feira foram diligenciadas as transferências dos doentes infetados para o Hospital Curry Cabral”, onde está situada a enfermaria dedicada à covid-19 do CHLC.

Segundo a mesma fonte, os 17 doentes transferidos estão “estáveis”, de acordo com as últimas informações, enquanto os cinco profissionais de saúde infetados “não estão a trabalhar e encontram-se em isolamento em casa”.

Paralelamente, há mais cinco doentes que estavam no serviço de Medicina Interna que não foram levados para o Curry Cabral, porque fizeram teste com resultado negativo para o novo coronavírus, que provoca a covid-19. No entanto, estes cinco doentes “estão em isolamento no Hospital dos Capuchos e vão voltar a ser testados”.

Entretanto, o serviço de Medicina Interna — onde teve origem o surto, noticiado pela primeira vez na quinta-feira pelo Observador — “já foi desinfetado na sexta-feira e vai reabrir em breve”, segundo fonte oficial do CHLC, que garantiu o cumprimento dos protocolos determinados pela Autoridade de Saúde.

Portugal contabiliza pelo menos 5.373 mortos associados à covid-19 em 340.287 casos confirmados de infeção, segundo o último boletim da Direção-Geral da Saúde (DGS).

Um bocadinho de gossip por dia, nem sabe o bem que lhe fazia.

Subscreva a newsletter do SAPO Lifestyle.

Os temas mais inspiradores e atuais!

Ative as notificações do SAPO Lifestyle.

Não perca as últimas tendências!

Siga o SAPO nas redes sociais. Use a #SAPOlifestyle nas suas publicações.