“Desde o passado dia 09 de março, ocorreram já mais de cinco dezenas de casos de sarampo em Portugal, um dos quais numa criança, sendo de admitir que esse número possa ainda aumentar”, referem os sociais-democratas, numa pergunta que deu hoje entrada na Assembleia da República.

Salientando que se trata do “terceiro surto de sarampo” em Portugal, apenas no espaço de um ano, os sociais-democratas consideram essencial “obter do atual Governo um esclarecimento cabal sobre as medidas que estão a ser tomadas para prevenir o alastramento desta doença e, bem assim, para controlar e eliminar o surto presentemente em curso”.

Tem cerca de 40 anos? Se não teve sarampo, vacine-se
Tem cerca de 40 anos? Se não teve sarampo, vacine-se
Ver artigo

“Que medidas de contingência estão as autoridades de saúde pública a tomar, designadamente em termos preventivos e de contenção deste novo surto de sarampo, em especial na região norte do país?”, questiona o PSD.

Quantos profissionais de saúde vacinados?

Na pergunta, assinada pelos deputados Adão Silva, Ricardo Baptista Leite e Luís Vales, o PSD quer saber “quantos profissionais do Serviço Nacional de Saúde se encontram, na presente data, vacinados contra o sarampo e qual é a perspetiva de vacinação futura daqueles que ainda não o tenham sido”.

“Que medidas tomou o Governo, nos últimos dois anos, no sentido de promover a vacinação contra o sarampo, em especial no caso de crianças e jovens, e qual a evolução da respetiva taxa de vacinação no mesmo período?”, questionam ainda.

O PSD questiona ainda se o Governo pondera “aprovar novas medidas que contribuam ativamente para contrariar a ocorrência de casos de sarampo no nosso país”.

O PSD aproveita a pergunta formulada ao ministro da Saúde, Adalberto Campos Fernandes, para se juntar ao apelo feito pelo Presidente da República, Marcelo Rebelo de Sousa, para que a população adira à vacinação contra o sarampo.

O último balanço Direção-Geral de Saúde (DGS) aponta para 53 casos de sarampo confirmados em Portugal, de um total de 145 situações suspeitas.

"Até às 19:00 do dia 19 de março de 2018 foram reportados 145 casos suspeitos de sarampo, a maioria dos quais com ligação ao Hospital de Santo António, no Porto", referia a informação divulgada na noite de segunda-feira pela DGS.

Dos 145 casos reportados, 53 foram confirmados laboratorialmente pelo Instituto Nacional de Saúde Doutor Ricardo Jorge e 51 foram infirmados.

Dos 53 casos agora confirmados, todos adultos, um pertence à região Centro, embora com ligação ao surto que decorre na região Norte.

Há ainda um conjunto de 41 casos a aguardar resultado laboratorial.

De acordo com o comunicado, estão internados cinco doentes, com situação clínica

Um bocadinho de gossip por dia, nem sabe o bem que lhe fazia.

Subscreva a newsletter do SAPO Lifestyle.

Os temas mais inspiradores e atuais!

Ative as notificações do SAPO Lifestyle.

Não perca as últimas tendências!

Siga o SAPO nas redes sociais. Use a #SAPOlifestyle nas suas publicações.