"O produto Japan Tengsu", bem como o produto "Slimex" e "Yohimbe 500 mg" são "medicamentos ilegais", uma vez que não dispõem de "autorização de introdução no mercado em Portugal".

Por outro lado, alerta a Autoridade do Medicamento, contêm substâncias ativas que apenas podem ser utilizadas em medicamentos. Já ontem a autoridade do medicamento tinha alertado para o mesmo problema em relação a outros dois produtos.

Estes 10 alimentos afetam o desejo sexual. Para o bem e para o mal
Estes 10 alimentos afetam o desejo sexual. Para o bem e para o mal
Ver artigo

Segundo o Infarmed, estes produtos foram detetados na alfândega, no âmbito do protocolo de colaboração com a Autoridade Tributária e Aduaneira, destinado ao combate à falsificação de medicamentos. "O produto tem, provavelmente, origem em vendas através da Internet, não tendo sido detetado no circuito legal de venda de medicamentos (por exemplo, farmácias)", sublinha no comunicado.

Utilizadores devem devolver produto

Depois de ter analisado o produto laboratorialmente, o Infarmed verificou que os produtos Slimex e Japan Tengsu contêm a substância ativa sildenafil e que o Yohimbe 500mg contém ioimbina, que se destinam à melhoria do desempenho sexual.

"Atendendo a que não está garantida a qualidade, segurança e eficácia deste produto, a sua utilização é proibida em Portugal", sublinha.

O Infarmed avisa as entidades que dispõem destes produtos de que não o podem vender, dispensar ou administrar, devendo comunicar de imediato com a autoridade do medicamente.

Também os utentes que disponham destes produtos não os devem utilizar, devendo entregar as embalagens em causa na farmácia para posterior destruição, através da Valormed.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Lifestyle diariamente no seu email.

Notificações

Os temas mais inspiradores e atuais estão nas notificações do SAPO Lifestyle.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.