A mulher está a ser procurada pela PSP de Faro, não sendo até ao momento conhecido o seu paradeiro nem as razões para ter abandonado o hospital com a criança recém-nascida e a precisar de cuidados médicos.

A criança estava internada no serviço de medicina intensiva neonatal e pediátrica desta unidade de saúde.

Fonte do Ministério da Saúde disse à Lusa que a IGAS já está a averiguar o que se passou, enquanto a ERS confirmou que abriu um processo de averiguações.

Um bocadinho de gossip por dia, nem sabe o bem que lhe fazia.

Subscreva a newsletter do SAPO Lifestyle.

Os temas mais inspiradores e atuais!

Ative as notificações do SAPO Lifestyle.

Não perca as últimas tendências!

Siga o SAPO nas redes sociais. Use a #SAPOlifestyle nas suas publicações.