Fontes do Hospital de Alcorcon confirmaram que a segunda análise, realizada ao final da tarde de segunda-feira, confirmou o diagnóstico da primeira análise, realizada quando a enfermeira deu entrada naquela unidade durante a manhã de hoje.

As mesmas fontes explicaram que devido ao elevado risco de contágio foi já ativado o protocolo de segurança previsto para situações deste tipo.

Fontes médicas explicaram que a enfermeira, que trabalha no hospital Carlos III, onde atendeu o missionário, deu entrada hoje de manhã com sintomas de Ébola.

No hospital Carlos III já entraram dois casos de Ébola, dos missionários Miguel Pajares e Manuel García Viejo, repatriados de África onde contraíram a doença e que acabaram por morrer em Madrid.

Um bocadinho de gossip por dia, nem sabe o bem que lhe fazia.

Subscreva a newsletter do SAPO Lifestyle.

Os temas mais inspiradores e atuais!

Ative as notificações do SAPO Lifestyle.

Não perca as últimas tendências!

Siga o SAPO nas redes sociais. Use a #SAPOlifestyle nas suas publicações.