O bastonário da Ordem dos Médicos (OM) afirmou que o parecer do Conselho de Ética e Deontologia Médica da OM sobre racionamento de medicamentos foi divulgado, na passada segunda-feira, para «fazer ruído» e é apenas «um documento interno».

«O parecer é um documento interno não homologado pela OM e foi enviado para a comunicação social para introduzir ruído sobre o assunto», defendeu o bastonário, José manuel Silva, em declarações à Lusa.

O parecer do Conselho de Ética e Deontologia Médica da OM (CNEDM) considera que «o parecer do CNECV (Conselho Nacional de Ética para as Ciências da Vida) [sobre racionamento de medicamentos] está bem redigido, é equilibrado, evita a controvérsia estéril, em suma, é um bom documento convocando à reflexão ética», contrariando a posição do bastonário da OM.

26 de dezembro de 2012

@Lusa 

Um bocadinho de gossip por dia, nem sabe o bem que lhe fazia.

Subscreva a newsletter do SAPO Lifestyle.

Os temas mais inspiradores e atuais!

Ative as notificações do SAPO Lifestyle.

Não perca as últimas tendências!

Siga o SAPO nas redes sociais. Use a #SAPOlifestyle nas suas publicações.