Quatro pessoas sucumbiram à onda de calor no Arizona no domingo, quando foram registadas temperaturas recordes em algumas áreas do Estado.

Larry Subervi, porta-voz do corpo de bombeiros de Phoenix, disse que uma das vítimas era uma experiente motociclista de montanha de 28 anos, que realizava um passeio de duas horas e que, apesar de levar água suficiente, não resistiu ao calor.

As outras vítimas eram um homem de 25 anos que morreu durante uma caminhada na Trilha Peralta, perto do Gold Canyon, uma mulher de 19 anos que morreu durante uma caminhada na área de Tuscon e um homem que foi encontrado morto junto a um outro percurso pedestre.

Leia também: 10 alimentos que o protegem do sol

Saiba ainda10 cuidados para evitar os efeitos do calor na saúde

"Temos uma onda de calor todos os anos, mas estamos perto do nosso recorde de todos os tempos, registado em 1990, de 122 graus Fahrenheit" (50 graus Celsius), comentou Subervi à agência de notícias France Presse.

O porta-voz disse ainda que no domingo as temperaturas atingiram os 49 graus Celsius e que o calor voltaria a aumentar esta semana.

A onda de calor tem alimentado incêndios florestais na Califórnia, Novo México e Arizona. Pelo menos 140 famílias foram evacuadas na área de Santa Barbara, na Califórnia, onde cerca de 2.000 bombeiros lutaram durante vários dias contra um incêndio que já lavrou 3.200 hectares.

Um bocadinho de gossip por dia, nem sabe o bem que lhe fazia.

Subscreva a newsletter do SAPO Lifestyle.

Os temas mais inspiradores e atuais!

Ative as notificações do SAPO Lifestyle.

Não perca as últimas tendências!

Siga o SAPO nas redes sociais. Use a #SAPOlifestyle nas suas publicações.