Os conselheiros matrimoniais britânico dão conta do aumento das discussões entre casais por causa da saída do Reino Unido da União Europeia e alguns serviços de apoio psicológico a crianças informam que têm recebido mais contactos telefónicos por questões relacionadas com o tema, escreve a agência de notícias France Presse.

Uma investigação do YouGov para a Fundação da Saúde Mental do Reino Unido (Mental Health Foundation, MHF) revela que 49% dos entrevistados afirmam ter vivido diferentes níveis de ansiedade devido ao triunfo de Trump, enquanto 43% admitem sentir-se stressados por causa do Brexit.

"Há uma relação entre o que acontece no mundo e como as pessoas se sentem em relação ao que se está a passar. E temos que levar essa qurstão a sério", comenta Mark Rowland, diretor da MHF.

Além disso, esta organização registou cinco vezes mais visitas à sua página dedicada ao stress depois do referendo à permanência do Reino Unido na União Europeia a 23 de junho.

A pesquisa YouGov foi realizada com 1.714 adultos via Internet, na semana passada.

Veja ainda: 15 coisas que tem de saber para não enlouquecer

Um bocadinho de gossip por dia, nem sabe o bem que lhe fazia.

Subscreva a newsletter do SAPO Lifestyle.

Os temas mais inspiradores e atuais!

Ative as notificações do SAPO Lifestyle.

Não perca as últimas tendências!

Siga o SAPO nas redes sociais. Use a #SAPOlifestyle nas suas publicações.