O relatório sobre a situação do país em matéria de drogas, tabaco e álcool é apresentado esta quarta-feira no Parlamento pelo Serviço de Intervenção nos Comportamentos Aditivos e nas Dependências (SICAD), presidido pelo médico João Goulão.

10 benefícios científicos comprovados da canábis terapêutica
10 benefícios científicos comprovados da canábis terapêutica
Ver artigo

O documento destaca que 54% dos novos utentes em tratamento de desintoxicação apontaram a canábis como a droga principal que os levou a procurar ajuda médica, informa o Jornal de Notícias.

No entanto, a heroína continua a ser a droga que mantém mais utentes nas estruturas de tratamento de uma forma global. Em 2016, estiveram em tratamento da toxicodependência no ambulatório da rede pública 27.834 utentes, o número mais elevado desde 2010.

O relatório frisa ainda que as mulheres estão a consumir mais tabaco, álcool e droga.

Contrariamente aos dois anos anteriores, o número de mortes por overdose diminuiu 33% em 2016

O Instituto Nacional de Medicina Legal e Ciências Forenses (INMLCF) registou 27 óbitos por overdose, sendo que a maioria ocorreu pela ingestão de mais do que uma droga, com destaque para os opiáceos (44%), a metadona (37%) e a cocaína (33%), escreve o mesmo jornal.

Um bocadinho de gossip por dia, nem sabe o bem que lhe fazia.

Subscreva a newsletter do SAPO Lifestyle.

Os temas mais inspiradores e atuais!

Ative as notificações do SAPO Lifestyle.

Não perca as últimas tendências!

Siga o SAPO nas redes sociais. Use a #SAPOlifestyle nas suas publicações.