A reunião clínica vai dar a conhecer o Centro Especializado em Endometriose e promover a partilha de informação em torno dos desafios que os ginecologistas enfrentam no diagnóstico e tratamento da endometriose.

"Temos profissionais vocacionados para todas as vertentes desta doença, com o intuito da diagnosticar e tratar a endometriose num mesmo Centro, numa lógica integrada. O Centro dispõe de Cirurgia Minimamente Invasiva e de técnicas de Procriação Medicamente Assistida, quando o problema é a infertilidade, congregando ainda especialistas da Dor, que permitem aliviar este sintoma, tão frequente nestas mulheres, sobretudo durante a menstruação e nas relações sexuais", revela Fátima Faustino, responsável do Centro Especializado em Endometriose do Hospital Lusíadas Lisboa.

A endometriose é uma doença benigna que pode afetar uma em cada dez mulheres e carateriza-se pelo crescimento de tecido endometrial fora do seu local habitual, que é a cavidade uterina. Sempre que ocorre a menstruação existe sangramento nessas zonas, o que provoca uma reação inflamatória crónica que produz aderência nos órgãos e o crescimento de tumores que, apesar de benignos, provocam dor e, em muitos casos, infertilidade.

A reunião realiza-se no Hospital Lusíadas Lisboa e vai ser transmitida, por videoconferência, em todos os hospitais do grupo.

A participação nesta iniciativa é gratuita e as inscrições podem ser realizadas através do contacto: rp@lusiadas.pt.

Um bocadinho de gossip por dia, nem sabe o bem que lhe fazia.

Subscreva a newsletter do SAPO Lifestyle.

Os temas mais inspiradores e atuais!

Ative as notificações do SAPO Lifestyle.

Não perca as últimas tendências!

Siga o SAPO nas redes sociais. Use a #SAPOlifestyle nas suas publicações.