De acordo com dados da Comissão Europeia, prevê-se que em 2040 existam 1,1 milhões de pessoas dependentes de um cuidador em Portugal e que, em 2060, 13,4% dos portugueses estejam dependentes de outros. Segundo os dados, será a quarta taxa mais elevada dentro da União Europeia.

Além de ter a maior taxa de cuidados continuados e paliativos prestados por pessoas sem preparação nem qualificação, Portugal tem igualmente uma das mais baixas taxas de cobertura de cuidados prestados por profissionais em toda da Europa. Em cerca de 70% das situações é o marido ou a esposa quem cuida, com o auxílio dos filhos, de outros familiares ou de vizinhos.

Estima-se, contudo, que cerca de 40% dos cuidadores não recebem qualquer ajuda, não tendo sido ainda criado o estatuto do cuidador informal.

Com uma população cada vez mais envelhecida e num cenário de estagnação na área da reabilitação em Portugal nos últimos anos, "revela-se particularmente importante complementar os apoios à disposição dos cuidadores e encontrar uma solução que permita acelerar a recuperação em processos de fisioterapia", indicam os especialistas da SWORD Health em comunicado.

Nova plataforma

A empresa portuguesa SWORD Health, fundada por Virgílio Bento, criou a SWORD Arya, o primeiro e único sistema digital no mundo que possibilita uma abordagem intensiva e com acompanhamento de fisioterapeutas.

O facto dos dados emitidos pelos sensores, que são aplicados no paciente, serem registados na plataforma digital permite que os fisioterapeutas façam uma avaliação permanente e rigorosa da eficácia e regularidade da execução dos exercícios, contactando o paciente sempre que é necessário ajustar algum movimento ou mesmo para incentivar a realização da terapia.

Leia também: 12 sintomas que não deve ignorar

Veja aindaOs 15 problemas de saúde mais embaraçosos

"Representamos uma abordagem revolucionária ao processo de reabilitação, envolvendo os fisioterapeutas e o doente e seus cuidadores mais próximos em cada etapa da sua recuperação", afirma Virgílio Bento. O fundador e CEO da SWORD Health salienta ainda que "com a nossa solução garantimos a eficiência da reabilitação e maximizamos os resultados, uma vez que se encurta os tempos de espera para o processo de recuperação – um elemento muitas vezes crucial para a sua eficácia e rapidez – e se garante uma avaliação rigorosa e permanente. O retorno que temos tido dos nossos pacientes é de que o facto de não se terem que deslocar também é um dos pontos fortes em termos de comodidade e mesmo, em muitos casos, económicos".

A SWORD Arya permite a recuperação de doentes com lesões neurológicas (exemplo: AVC) e músculo-esqueléticas (ancas, joelho, ombro, quedas, etc.), surgindo como alternativa ou complemento à reabilitação convencional nas clínicas, permitindo que os pacientes façam fisioterapia em casa, de forma muito mais rápida, mais eficaz e cómoda.

A evidência científica deste método aponta para melhorias na qualidade da execução das tarefas motoras em 93% dos pacientes, 66% de redução na probabilidade de erro na execução de uma tarefa motora e um aumento da ordem dos 40% no número de movimentos corretos por sessão.

A SWORD Health já deu os primeiros passos na sua internacionalização através de uma parceria estabelecida com a maior rede de clínicas de reabilitação dos EUA, que identificou o potencial desta inovação, mesmo para um mercado desenvolvido como o americano e, a breve prazo, prevê-se a entrada no mercado chinês.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Lifestyle diariamente no seu email.

Notificações

Os temas mais inspiradores e atuais estão nas notificações do SAPO Lifestyle.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.