No primeiro lugar da lista das melhores urbes para se viver surge pela primeira vez na lista da revist "The Economist" uma cidade europeia: Viena, na Aústria, destronou Melbourne, na Austrália, que mantinha este título há sete anos.

Também a capital portuguesa subiu dois lugares no ranking. Lisboa surge agora em 54.º lugar, uma subida de dois lugares face a 2017.

10 alimentos que lhe devolvem anos de vida
10 alimentos que lhe devolvem anos de vida
Ver artigo

O estudo levado a cabo pela reconhecida revista "The Economist" avaliou a qualidade de vida em 140 cidades.

O estudo obedeceu a um sistema de pontuação cujos critérios estão organizados em cinco categorias: estabilidade, que compreende os graus de violência, crime e conflitos militares, cultura e ambiente, que analisa variáveis tão distintas como as condições climáticas e a oferta de comidas e bebidas, serviços de saúde, infraestruturas e educação.

Damasco, na Síria, surge como a pior cidade do mundo para se viver.

Confira o TOP 10 das melhores cidades para se viver da revista "The Economist"

1. Viena (Áustria)

2. Melbourne (Austrália)

3. Osaka (Japão)

4. Calgary (Canadá)

5. Sydney (Austrália)

6. Vancouver (Canadá)

7. Tóquio (Japão) e Toronto (Canadá)

8. Copenhaga (Dinamarca)

9. Adelaide (Austrália)

10. Zurique (Suíça)

Um bocadinho de gossip por dia, nem sabe o bem que lhe fazia.

Subscreva a newsletter do SAPO Lifestyle.

Os temas mais inspiradores e atuais!

Ative as notificações do SAPO Lifestyle.

Não perca as últimas tendências!

Siga o SAPO nas redes sociais. Use a #SAPOlifestyle nas suas publicações.