De 16 a 19 de maio Lisboa será a “capital mundial do sono” graças ao Lisbon Sleep Summit, um congresso internacional cujo tema será, na sua primeira edição “O sono nas Mulheres”.

10 maus hábitos que afinal podem fazer-nos viver mais anos
10 maus hábitos que afinal podem fazer-nos viver mais anos
Ver artigo

“O género feminino tem uma complexidade específica, associada aos ciclos de vida e hormonais. O sono nas mulheres é ainda uma área com um enorme desconhecimento, e os estilo de vida atuais – sociais e culturais – têm um impacto ainda maior na qualidade do sono das mulheres”, afirma Teresa Paiva, médica neurologista e responsável pelo Centro de Medicina do Sono (CENC) e uma das organizadoras deste encontro.

A Universidade Católica Portuguesa e a Faculdade de Motricidade Humana são outras das instituições organizadoras.

“É necessário aumentar o conhecimento nesta área, avaliar os factores influenciadores do sono na mulher e discutir as diferenças entre os géneros na Medicina do Sono. Este encontro pretende discutir entre os maiores influenciadores da área a nível mundial esta temática, para tentar alcançar um maior conhecimento do Sono na Mulher”, acrescenta a especialista.

Esta iniciativa é destinada a clínicos, cientistas, entidades públicas e privadas e à sociedade civil, apelando a que participem ativamente na discussão e na criação de soluções para as principais questões negativas associadas ao sono nas mulheres.

A conferência tem como objetivo melhorar o conhecimento relacionado com o sono no género feminino, avaliar o impacto de fatores internos e externos no sono da mulheres em qualquer idade, e discutir as diferenças entre géneros no âmbito da Medicina do Sono.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Lifestyle diariamente no seu email.

Notificações

Os temas mais inspiradores e atuais estão nas notificações do SAPO Lifestyle.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.