Em conferência de imprensa do final da tarde de hoje no Ministério da Saúde, para fazer o ponto da situação sobre o novo coronavírus que provoca o COVID-19, a secretária de Estado admitiu que a linha de saúde teve constrangimentos devido a um “acréscimo anormal” no crescimento da procura, e disse que vai também entrar em funcionamento outro ‘call center’, com mais 100 profissionais.

A linha SNS 24, afirmou, pode hoje suportar 1.200 chamadas em simultâneo, estando a ser trabalhado um aumento para as 1.500.

Com as ordens profissionais ligadas ao setor da Saúde o Governo, disse também Jamila Madeira, está a trabalhar para “melhorar a capacidade de resposta” da linha. Também o Ministério da Saúde criou uma nova página sobre o COVID-19.

Jamila Madeira disse também que as entidades do setor “têm vindo a ser reforçadas” com mais meios de proteção. “Temos reservas e recebemos mais material desinfetante e equipamento de proteção”, explicou.

O novo coronavírus responsável pela COVID-19 foi detetado em dezembro de 2019, na China, e já provocou mais de 4.900 mortos em todo o mundo, levando a Organização Mundial de Saúde a declarar a doença como pandemia.

O número de infetados ultrapassou as 131 mil pessoas, com casos registados em mais de 120 países e territórios, incluindo Portugal, que tem 112 casos confirmados.

Acompanhe aqui, ao minuto, todas as informações sobre o novo coronavírus em Portugal e no mundo.

Um bocadinho de gossip por dia, nem sabe o bem que lhe fazia.

Subscreva a newsletter do SAPO Lifestyle.

Os temas mais inspiradores e atuais!

Ative as notificações do SAPO Lifestyle.

Não perca as últimas tendências!

Siga o SAPO nas redes sociais. Use a #SAPOlifestyle nas suas publicações.