"Trabalhamos no limite, por continuarmos em algumas áreas a ter médicos em número insuficiente, assim como em muitas outras áreas de recursos humanos, e isso traduz-se em alguma falta de capacidade de resposta às legítimas necessidades da população pela qual somos responsáveis", afirma Helder Roque, citado numa nota de imprensa.

10 truques médicos para se livrar dos dentes amarelos
10 truques médicos para se livrar dos dentes amarelos
Ver artigo

O responsável do CHL adiantou que o problema poderá ser resolvido em breve com a abertura de vagas para a contratação de clínicos, considerando que o reconhecimento desta carência pela tutela, ao atribuir 37 vagas a várias especialidades, "não deixa de ser uma boa notícia, porque o Centro Hospitalar merece".

Segundo a nota de imprensa, CHL vai poder reforçar os seus recursos humanos médicos, assim como aumentar a oferta de especialidades e serviços que disponibiliza aos seus mais de 400.000 utentes

Um despacho do Ministério da Saúde de 26 de julho, "define o número de vagas médicas a concurso, e atribui duas vagas a Nefrologia, o que significa que já a partir de setembro o CHL irá dispor desta nova especialidade, o que não deixa de constituir uma mais-valia para os doentes que diariamente acorrem aos três hospitais que compõem o Centro Hospitalar" (Hospital de Santo André, em Leiria, Hospital Distrital de Pombal e Hospital de Alcobaça Bernardino Lopes de Oliveira).

Especialidades sem médico

No mesmo documento, o CHL reforça que a tutela "reconhece a carência de médicos na quase totalidade das especialidades existentes, e ainda em especialidades novas onde o CHL não dispõe de qualquer médico, e que são extremamente necessárias", como Angiologia e Cirurgia Vascular, Doenças Infecciosas e Nefrologia, e "que em breve poderão ser disponibilizadas neste Centro Hospitalar".

"Neste despacho não estão ainda previstas vagas para as especialidades de Angiologia e Cirurgia Vascular e Doenças Infecciosas, mas, ao serem classificadas como carenciadas, é expectável que estes médicos passem a ser recrutados por outras vias, e rapidamente se possa passar a dispor também destes novos serviços no CHL", acrescenta ainda a nota.

"Com estes dois despachos foi finalmente reconhecida a nossa carência de médicos, facto que insistentemente vínhamos alertando e denunciando ao longo de anos", afirma Helder Roque, advertindo que não está garantido ainda o reforço de médicos "se as vagas ficarem por preencher, e se os médicos acabarem por permanecer nos grandes hospitais de Lisboa, Porto e Coimbra, como tem acontecido em anteriores concursos".

O CHL é, desta vez, o quinto centro hospitalar do País com mais vagas atribuídas, 37 no total, "o que é significativo e um reconhecimento das fortes carências sentidas nesta instituição em termos de recursos humanos", conclui Helder Roque.

Um bocadinho de gossip por dia, nem sabe o bem que lhe fazia.

Subscreva a newsletter do SAPO Lifestyle.

Os temas mais inspiradores e atuais!

Ative as notificações do SAPO Lifestyle.

Não perca as últimas tendências!

Siga o SAPO nas redes sociais. Use a #SAPOlifestyle nas suas publicações.