Há três dias que o serviço de sangue do Hospital de S. João, no Porto, está a mandar embora os dadores porque os enfermeiros que fazem as colheitas de sangue estão em greve.

A notícia é avançada hoje pela edição impressa do Jornal de Notícias.

O mesmo jornal escreve que em Gaia aconteceu o mesmo na segunda e na terça-feira.

Leia ainda: Quais são os direitos e deveres do dador de sangue?

O protesto dos enfermeiros prejudicou o funcionamento do serviço de sangue do hospital de dia do Centro Hospitalar de Gaia/Espinho e obrigou os médicos a assumirem o atendimento dos doentes hipocoagulados mais urgentes.

A greve dos enfermeiros foi marcada pelo Sindicato Independente dos Profissionais de Enfermagem (SIPE) e pelo Sindicato dos Enfermeiros (SE) para o período entre as 00:00 de hoje e as 24:00 de sexta-feira.

Veja ainda: 10 dicas médicas para aumentar a circulação sanguínea

Um bocadinho de gossip por dia, nem sabe o bem que lhe fazia.

Subscreva a newsletter do SAPO Lifestyle.

Os temas mais inspiradores e atuais!

Ative as notificações do SAPO Lifestyle.

Não perca as últimas tendências!

Siga o SAPO nas redes sociais. Use a #SAPOlifestyle nas suas publicações.