Todos os anos, milhares de pessoas do Tibete e do Nepal procuram o Cordyceps sinensis, chamado localmente de yarchagumba, um parasita que cresce no corpo de uma lagarta, encontrado apenas durante determinadas épocas do ano.

Cordyceps sinensis
Cordyceps sinensis (à esquerda) cresce na cabeça de uma larva já morta

Na China, onde é utilizado em medicamentos, o fungo é vendido a preços avultados.

"Uma pessoa morreu e três ficaram feridas quando um grupo de 10 saqueadores abriu fogo de forma indiscriminada", relata Keshab Raj Sharma, governador do distrito ocidental de Mugu, à agência de notícias France Presse. "Os camponeses afirmam que o grupo levou a colheita inteira", disse.

Leia ainda14 alimentos que aumentam a libido

Saiba tambémAlimentos que matam o apetite sexual

As autoridades locais enviaram uma patrulha para o local do confronto na quarta-feira, mas devido à extensão da região os agentes só conseguiram chegar já na sexta-feira.

Nenhuma equipa médica conseguiu ter acesso ao local. Um helicóptero-ambulância teve de regressar à base por causa do mau tempo.

O yarchagumba, que significa "planta estival, inseto invernal" em tibetano, cresce a mais de 3.500 metros de altura. Desenvolve-se no corpo de uma lagarta, que vai matando lentamente.

Este não foi o primeiro confronto provocado pelo Cordyceps sinensis. Em 2009, nove pessoas morreram numa disputa semelhante.

Veja ainda10 razões saudáveis para fazer sexo todos os dias

Um bocadinho de gossip por dia, nem sabe o bem que lhe fazia.

Subscreva a newsletter do SAPO Lifestyle.

Os temas mais inspiradores e atuais!

Ative as notificações do SAPO Lifestyle.

Não perca as últimas tendências!

Siga o SAPO nas redes sociais. Use a #SAPOlifestyle nas suas publicações.