O homem nascido no Bangladesh, conhecido localmente por homem-árvore, vai precisar de pelo menos uma dúzia de cirurgias para se livrar das verrugas que lhe cobrem as mãos, pernas e pés, admite o coordenador da equipa médica que o operou no sábado.

Uma equipa de médicos do Hospital Universitário de Dhaka voltou a intervencionar a mão direita de Abul Bajandar para remover algumas das verrugas que o atormentam há 16 anos. Esta é já a segunda operação de Abdul Bajandar este ano.

O homem de 26 anos foi internado em janeiro para remover as verrugas causadas por uma doença rara que lhe surgiu por volta dos 10 anos.

De acordo com os médicos, as verrugas têm um peso total de cinco quilogramas e cobrem-lhe vários membros do corpo.

"Removemos algumas pequenas verrugas da palma da mão", comentou Samanta Lal Sen, chefe da equipa e diretor clínico do hospital, que admite que o homem precisará de mais 12 a 15 cirurgias.

Bajandar diz estar determinado a continuar com os tratamentos, independentemente do número de cirurgias e do tempo que necessitará. O homem nasceu na pequena localidade de Khulna que se tornou lugar de romaria por causa da sua doença rara, a epidermodysplasia verruciformis.

"Eu não quero voltar para a minha terra sem 'limpar' as minhas mãos e pés. Eu quero voltar à minha antiga vida", diz, citado por meios de comunicação internacionais.

Um bocadinho de gossip por dia, nem sabe o bem que lhe fazia.

Subscreva a newsletter do SAPO Lifestyle.

Os temas mais inspiradores e atuais!

Ative as notificações do SAPO Lifestyle.

Não perca as últimas tendências!

Siga o SAPO nas redes sociais. Use a #SAPOlifestyle nas suas publicações.