Em declarações aos jornalistas em Braga à margem do 38.º Encontro Nacional de Medicina Geral e Familiar, Lacerda Sales sublinhou o “grande esforço” do Governo no sentido do recrutamento de novos profissionais de saúde.

“A nossa proximidade aos cuidados primários é muito importante é muito importante assumirmos aquilo que são os nossos compromissos do programa de Governo, nomeadamente de atribuirmos a cada português uma equipa de saúde familiar”, referiu.

Um compromisso cuja concretização Lacerda Sales apontou para o final da atual legislatura, ou seja, 2023.

Nesse sentido, afirmou que o Governo tem feito “um grande esforço” no sentido de recrutar profissionais de saúde”, referindo que o Serviço Nacional de Saúde conta mais 662 profissionais de medicina geral e familiar em relação a 2015.

Em relação a agosto de 2020, frisou, são mais 157.

Disse ainda que este ano, no concurso de primeira época, havia 459 novas vagas, tendo sido ocupadas 292.

A abertura de 20 novas unidades de saúde familiar (USF), a requalificação de mais de 40 centros de saúde e a construção de mais de 30 novos foram outras das medidas elencadas pelo secretário de Estado.

Um bocadinho de gossip por dia, nem sabe o bem que lhe fazia.

Subscreva a newsletter do SAPO Lifestyle.

Os temas mais inspiradores e atuais!

Ative as notificações do SAPO Lifestyle.

Não perca as últimas tendências!

Siga o SAPO nas redes sociais. Use a #SAPOlifestyle nas suas publicações.