A AJDP promove um rastreio a toda a população, a 14 de Novembro no Terminal Fluvial Cais do Sodré, entre as 10h e as 19h, com o envolvimento de vários voluntários. Esta iniciativa pretende estimular o diagnóstico precoce da diabetes, uma vez que cerca de 10% dos portugueses têm diabetes e estima-se que mais de três milhões se encontrem em situação de pré-diabetes. A 15 de Novembro, a associação leva o projeto “AJDP nas Escolas” aos Olivais, para informar e educar os alunos da Escola Básica 2, 3 Fernando Pessoa sobre como é viver com esta doença.

Paula Klose, Presidente da AJDP refere que “a associação pretende educar para a diabetes através de testemunhos próximos e reais, mostrando que a diabetes não limita mas que apenas precisa de ser controlada. Procuramos que cada iniciativa transpareça isso mesmo e assim contribuir para uma sociedade mais rica e menos ligada ao preconceito associado à diabetes”.

Em ambas as iniciativas estão envolvidos voluntários “Não há ninguém melhor para explicar este tema que eles próprios que todos os dias lidam com a diabetes e experienciam os desafios relacionados com a doença” acrescenta a presidente.

No Porto

Entre os dias 14 e 18 de novembro, o Hospital Lusíadas Porto e a Cínica Lusíadas Gaia vão realizar rastreios gratuitos a várias especialidades médicas. A Iniciativa, que permite a realização de rastreios à diabetes, retinopatia diabética e cancro da próstata, surge no âmbito do Dia Mundial da Diabetes e do Dia do Cancro da Próstata que se assinalam a 14 e 17 de novembro, respetivamente.

O rastreio de avaliação e prevenção da diabetes pode ser realizado no Hospital Lusíadas Porto, entre as 9h e as 19h, e na Clínica Lusíadas Gaia, das 16h às 19h. A inscrição neste rastreio é obrigatória e deve ser feita através do 966 826 095 ou alzira.mendes.aguiar@lusiadas.pt.

Entre os dias 14 e 18 de novembro, o Hospital Lusíadas Porto vai também realizar rastreios gratuitos ao cancro da próstata. Neste rastreio, o médico fará uma avaliação ao doente, que inclui queixas e fatores de risco, e uma observação de análises/exames, terminando com a realização do toque rectal. As inscrições, também obrigatórias, devem ser realizadas através do 962 141 681 ou maria.pinto.freitas@lusiadas.pt.

O rastreio à retinopatia diabética, feito através de retinografia, está disponível no Hospital Lusíadas Porto entre os dias 14 e 18 de novembro, das 10h30 às 11h30 e das 15h30 às 18h30. Este rastreio não exige inscrição obrigatória, mas, por comodidade, pode ser realizada através do 964 764 009 ou teresa.melo.rodrigues@lusiadas.pt.

Veja istoVerdades e (grandes) mentiras sobre a diabetes

Leia ainda: O adoçante faz menos mal? 18 mentiras sobre a saúde do coração

Saiba mais: 8 coisas que não sabia sobre a gordura abdominal

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Lifestyle diariamente no seu email.

Notificações

Os temas mais inspiradores e atuais estão nas notificações do SAPO Lifestyle.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.