“Os utentes infetados encontram-se isolados dos restantes, nas instalações do Lar de Santa Maria, onde uma equipa dedicada lhes presta cuidados de forma regular, garantindo todo o apoio e tratamento que necessitem”, lê-se num comunicado do centro.

Segundo a instituição, a equipa “segue as indicações prestadas pelo delegado de Saúde de Tavira e conta com o apoio de um médico e um enfermeiro do Serviço Nacional de Saúde”.

O diagnóstico foi conhecido hoje, “pese embora todas as medidas que, desde a primeira hora e logo em março de 2020”, foram tomadas naquela estrutura, lê-se na nota.

Tanto os familiares dos utentes infetados como, posteriormente, dos não infetados já foram contactados pela instituição, que apela às famílias para que “não efetuem chamadas telefónicas para a instituição”.

A instituição sublinha que irá contactar diariamente os familiares responsáveis pelos utentes “a fim de dar conta do ponto de situação de cada familiar”, evitando, assim, “sobrecarregar as linhas telefónicas”.

A pandemia de covid-19 provocou pelo menos 1.775.272 mortos resultantes de mais de 81,5 milhões de casos de infeção em todo o mundo, segundo um balanço feito pela agência francesa AFP.

Em Portugal, morreram 6.677 pessoas dos 396.666 casos de infeção confirmados, de acordo com o boletim mais recente da Direção-Geral da Saúde.

A doença é transmitida por um novo coronavírus detetado no final de dezembro de 2019, em Wuhan, uma cidade do centro da China.

Um bocadinho de gossip por dia, nem sabe o bem que lhe fazia.

Subscreva a newsletter do SAPO Lifestyle.

Os temas mais inspiradores e atuais!

Ative as notificações do SAPO Lifestyle.

Não perca as últimas tendências!

Siga o SAPO nas redes sociais. Use a #SAPOlifestyle nas suas publicações.