"Estou contente por receber hoje [sexta-feira] a minha primeira dose com a AstraZeneca", afirmou a chanceler alemã, citada em um Tweet de Steffen Seibert, que também mostrava o certificado de vacinação.

"Vacinar é a chave para sair da pandemia", frisou Merkel.

"Agradeço a todos aqueles que participam da campanha de vacinação e a todos aqueles que se vacinam", acrescentou Merkel.

A chanceler, de 66 anos, entrou na categoria de idade de pessoas elegíveis para a vacina anglo-sueca. O uso deste imunizante foi suspenso desde meados de março de maneira temporária e tem a sua aplicação restringida na Alemanha a maiores de 60 anos, devido a raros casos de trombose detetados na Europa.

Em 2 de abril, havia 42 casos registados de trombose venosa cerebral na Alemanha, após uma vacinação com a AstraZeneca. Em 35 casos, são mulheres de 20 a 63 anos, com oito mortes.

A pandemia de COVID-19 provocou, pelo menos, 2.987.891 mortos no mundo, resultantes de mais de 139 milhões de casos de infeção, segundo um balanço feito pela agência francesa AFP.

Em Portugal, morreram 16.937 pessoas dos 829.911 casos de infeção confirmados, de acordo com o boletim mais recente da Direção-Geral da Saúde.

A doença é transmitida por um novo coronavírus detetado no final de 2019, em Wuhan, uma cidade do centro da China.

Um bocadinho de gossip por dia, nem sabe o bem que lhe fazia.

Subscreva a newsletter do SAPO Lifestyle.

Os temas mais inspiradores e atuais!

Ative as notificações do SAPO Lifestyle.

Não perca as últimas tendências!

Siga o SAPO nas redes sociais. Use a #SAPOlifestyle nas suas publicações.