Durante a conferência de imprensa diária de atualização de informação sobre a covid-19 em Portugal, Graça Freitas reconheceu que o sistema que os médicos e laboratórios utilizam para identificar os casos confirmados ou suspeitos de infeção pelo novo coronavírus, que provoca a doença covid-19, não é ideal, justificando que quando a plataforma foi criada não se previa este fluxo.

“Estamos sempre a tentar melhorar estas plataformas, que foram construídas para situações de carga completamente diferente da que temos agora”, explicou, reiterando que, ainda assim todos os médicos e laboratórios são obrigados a notificar o sistema.

A diretora-geral da Saúde aproveitou a conferência de imprensa para justificar o aumento do número de casos suspeitos no boletim epidemiológico do dia 18 de abril, sobre o qual tinha sido questionada na terça-feira, explicando que esse aumento traduziu um apelo da Direção-Geral da Saúde (DGS) aos laboratórios.

Segundo Graça Freitas, alguns laboratórios não estavam a notificar o sistema de vigilância dos resultados negativos aos testes de diagnóstico e a DGS enviou a todos um pedido para que essa informação fosse atualizada.

“No dia 18 de abril, 80% das notificações que entraram no sistema SINAVE eram laboratoriais e destas 40% tinham uma validação de exame prévia à data que em que foram incluídas. A mais antiga era mesmo de 20 de março”, explicou, reforçando que toda esta informação é necessária para acompanhar a evolução da pandemia.

Portugal regista 785 mortos associados à covid-19 em 21.982 casos confirmados de infeção, segundo o boletim diário da Direção-Geral da Saúde (DGS) sobre a pandemia.

Relativamente ao dia anterior, há mais 23 mortos (+3%) e mais 603 casos de infeção (+2,8%).

Das pessoas infetadas, 1.146 estão hospitalizadas, das quais 207 em unidades de cuidados intensivos, e o número de doentes curados aumentou de 917 para 1.143.

Portugal cumpre o terceiro período de 15 dias de estado de emergência, iniciado em 19 de março, e o decreto presidencial que prolongou a medida até 02 de maio prevê a possibilidade de uma "abertura gradual, faseada ou alternada de serviços, empresas ou estabelecimentos comerciais".

Um bocadinho de gossip por dia, nem sabe o bem que lhe fazia.

Subscreva a newsletter do SAPO Lifestyle.

Os temas mais inspiradores e atuais!

Ative as notificações do SAPO Lifestyle.

Não perca as últimas tendências!

Siga o SAPO nas redes sociais. Use a #SAPOlifestyle nas suas publicações.