De acordo com o gabinete de comunicação e imagem, o serviço fechou ao final do dia de quarta-feira, na sequência de testes de despistagem para a covid-19, que deram 10 casos positivos - cinco profissionais de saúde e cinco doentes.

Na sequência do surto detetado, o Hospital Distrital da Figueira da Foz realizou testes aos restantes profissionais de saúde, não se tendo registado mais nenhum caso positivo para o SARS-CoV-2, vírus da covid-19.

Segundo a mesma fonte, os doentes com resultado positivo estavam todos internados no mesmo quarto, tendo sido transferidos para uma unidade do hospital dedicada à covid-19.

Os profissionais de saúde apresentam sintomas ligeiros e estão a recuperar em casa.

"No início da semana, talvez segunda-feira, deveremos abrir o serviço de ortopedia com toda a normalidade", disse a fonte do gabinete de comunicação e imagem, referindo que toda a situação foi encarada com "tranquilidade" e de acordo com o plano de contingência.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Lifestyle diariamente no seu email.

Notificações

Os temas mais inspiradores e atuais estão nas notificações do SAPO Lifestyle.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.