O ministro indicou que as autoridades de saúde sul-africanas identificaram nos últimos dias seis novos casos de coronavírus no país, que foi atingido pela epidemia em 5 de março, através de um grupo de 10 pessoas que visitou Itália.

Dos primeiros sete que testaram positivos, uma já recuperou da infeção, disse o governante. 

Recomendações da DGS

A DGS acompanha a situação da expansão do novo coronavírus e recomenda:

  • Em Portugal, caso apresente sintomas de doença respiratória e tenha viajado de uma área afetada pelo novo coronavírus, as autoridades aconselham a que contacte a Saúde 24 (808 24 24 24). Caso se dirija a uma unidade de saúde deve informar de imediato o segurança ou o administrativo.
  • Evitar o contacto próximo com pessoas que sofram de infeções respiratórias agudas; evitar o contacto próximo com quem tem febre ou tosse;
  • Lavar frequentemente as mãos, especialmente após contacto direto com pessoas doentes, com detergente, sabão ou soluções à base de álcool;
  • Lavar as mãos sempre que se assoar, espirrar ou tossir;
  • Evitar o contacto direito com animais vivos em mercados de áreas afetadas por surtos;
  • Adotar medidas de etiqueta respiratória: tapar o nariz e boca quando espirrar ou tossir (com lenço de papel ou com o braço, nunca com as mãos; deitar o lenço de papel no lixo);
  • Evitar o consumo de produtos de animais crus, sobretudo carne e ovos;
  • Seguir as recomendações das autoridades de saúde do país onde se encontra.

Os novos casos de Covid-19 na África do Sul localizam-se em Gauteng (4 casos), província envolvente a Joanesburgo e Pretória; no KwaZulu-Natal (1) e no Cabo Ocidental (1), indica a nota divulgada na rede social Twitter.

O comunicado refere que o homem de 40 anos que visitou Portugal, regressou à África do Sul no passado sábado, 07 de março, sem especificar a sua nacionalidade.

Entre os novos casos confirmados na África do Sul, refere a mesma fonte, estão ainda uma mulher de 33 anos que esteve em Itália e voltou em 01 de março; um casal de 34 (homem) e 33 anos (mulher) que regressou da Alemanha na passada segunda-feira, 09 de março; um homem de 57 anos que viajou pela Áustria e Itália tendo regressado à África do Sul também em 09 de março e outro de 36 anos que visitou vários países, nomeadamente a Alemanha, Áustria, Suíça e Turquia antes de regressar em 09 de março à África do Sul.

As autoridades de Saúde realizaram até hoje 3.642 testes de Covid-19, salienta-se na nota do Ministério de Saúde sul-africano.
A epidemia de Covid-19 foi detetada em dezembro, na China, e já provocou mais de 4.200 mortos.

Cerca de 117 mil pessoas foram infetadas em mais de uma centena de países, e mais de 63 mil recuperaram.

Nos últimos dias, a Itália tornou-se o caso mais grave de epidemia fora da China, com 631 mortos e mais de 10.100 contaminados pelo novo coronavírus, que pode causar infeções respiratórias como pneumonia.

Portugal regista 41 casos confirmados de infeção, segundo a Direção-Geral da Saúde (DGS). Nenhuma morte até ao momento.

A DGS comunicou também que em Portugal se atingiu um total de 375 casos suspeitos desde o início da epidemia, 83 dos quais ainda a aguardar resultados laboratoriais.

Segundo a DGS, há ainda 667 contactos em vigilância pelas autoridades de saúde.

Por causa da situação, o Governo português decidiu suspender todos os voos com destino ou origem nas zonas mais afetadas em Itália, recomendando também a suspensão de eventos em espaços abertos com mais de 5.000 pessoas.

Face ao aumento de casos em Portugal, o Governo ordenou a suspensão temporária de visitas em hospitais, lares e estabelecimentos prisionais na região Norte, até agora a mais afetada.

Foram também encerrados alguns estabelecimentos de ensino, sobretudo no Norte do País, assim como ginásios, bibliotecas, piscinas e cinemas.

Os residentes nos concelhos de Felgueiras e Lousada, no distrito do Porto, foram aconselhados a evitar deslocações desnecessárias.

Acompanhe aqui, ao minuto, todas as informações sobre o novo coronavírus em Portugal e no mundo.

Os vírus e os coronavírus: quais as diferenças?

Um bocadinho de gossip por dia, nem sabe o bem que lhe fazia.

Subscreva a newsletter do SAPO Lifestyle.

Os temas mais inspiradores e atuais!

Ative as notificações do SAPO Lifestyle.

Não perca as últimas tendências!

Siga o SAPO nas redes sociais. Use a #SAPOlifestyle nas suas publicações.