"Os políticos dos EUA ignoraram repetidamente a verdade e proferiram mentiras descaradas", disse o porta-voz do ministério dos Negócios Estrangeiros chinês, Geng Shuang, em conferência de imprensa, após ser questionado sobre as declarações de Trump.

"Eles têm apenas um objetivo: isentarem-se de qualquer responsabilidade pela forma como geriram a epidemia e desviar a atenção", acrescentou.

Trump referiu, na segunda-feira, a possibilidade de pedir a Pequim o pagamento de milhares de milhões de dólares em compensação pelos danos causados pelo novo coronavírus.

"Estamos descontentes com a China", afirmou, em conferência de imprensa. A doença "poderia ter sido parada na fonte e não se ter espalhado pelo mundo", justificou.

"Existem várias maneiras de responsabilizá-los, estamos a conduzir uma investigação muito séria" sobre esse assunto, acrescentou.

A nível global, segundo um balanço da agência de notícias AFP, a pandemia de covid-19 já provocou perto de 211 mil mortos e infetou mais de três milhões de pessoas em 193 países e territórios.

Mais de 818 mil doentes foram considerados curados.

Com quase um terço dos casos e mais de 56.000 mortes, os Estados Unidos são de longe o país mais afetado no mundo.

Desde o início da epidemia, na cidade chinesa de Wuhan, a China registou, no total, 82.836 infetados e 4.633 mortos devido a Covid-19.

Um bocadinho de gossip por dia, nem sabe o bem que lhe fazia.

Subscreva a newsletter do SAPO Lifestyle.

Os temas mais inspiradores e atuais!

Ative as notificações do SAPO Lifestyle.

Não perca as últimas tendências!

Siga o SAPO nas redes sociais. Use a #SAPOlifestyle nas suas publicações.