Em comunicado, a Autoridade de Saúde Regional informa que "as 283 análises realizadas nos dois laboratórios de referência da região" (São Miguel e Terceira) nas últimas 24 horas "não revelaram casos positivos de COVID-19".

"Registaram-se cinco casos de recuperação, relativos a três homens com idades compreendidas entre 24 e 51 anos, das ilhas de São Miguel e do Pico, e a duas mulheres com 42 e 57 anos, da ilha do Pico", adianta ainda aquela entidade.

A Autoridade de Saúde dos Açores reitera a recomendação sobre as medidas de prevenção e contenção da pandemia, que "devem ser mantidas e reforçadas, sempre que possível, por cidadãos e organizações públicas, privadas e do setor social".

Até ao momento, já foram detetados na região um total de 138 casos de infeção pelo novo coronavírus SARS-CoV-2, que causa a doença COVID-19, verificando-se 45 recuperados, 13 óbitos e 80 casos positivos ativos.

Destes, 60 são em São Miguel, três na ilha Terceira, cinco na Graciosa, dois em São Jorge, cinco no Pico e cinco no Faial.

Em Portugal, morreram 989 pessoas das 25.045 confirmadas como infetadas e há 1.519 casos recuperados, de acordo com a Direção-Geral da Saúde.

A doença é transmitida por um novo coronavírus detetado no final de dezembro, em Wuhan, uma cidade do centro da China.

Para combater a pandemia, os governos mandaram para casa 4,5 mil milhões de pessoas (mais de metade da população do planeta), encerraram o comércio não essencial e reduziram drasticamente o tráfego aéreo, paralisando setores inteiros da economia mundial.

Face a uma diminuição de novos doentes em cuidados intensivos e de contágios, alguns países começaram a desenvolver planos de redução do confinamento e em alguns casos a aliviar diversas medidas.

Um bocadinho de gossip por dia, nem sabe o bem que lhe fazia.

Subscreva a newsletter do SAPO Lifestyle.

Os temas mais inspiradores e atuais!

Ative as notificações do SAPO Lifestyle.

Não perca as últimas tendências!

Siga o SAPO nas redes sociais. Use a #SAPOlifestyle nas suas publicações.