Três mulheres morreram na região sul de Daegu, aumentando o número de mortos para 16 no país, informaram as autoridades de saúde sul-coreanas em comunicado.

Recomendações da Direção-Geral da Saúde (DGS)

  • Caso apresente sintomas de doença respiratória, as autoridades aconselham a que contacte a Saúde 24 (808 24 24 24). Caso se dirija a uma unidade de saúde deve informar de imediato o segurança ou o administrativo.
  • Evitar o contacto próximo com pessoas que sofram de infeções respiratórias agudas; evitar o contacto próximo com quem tem febre ou tosse;
  • Lavar frequentemente as mãos, especialmente após contacto direto com pessoas doentes, com detergente, sabão ou soluções à base de álcool;
  • Lavar as mãos sempre que se assoar, espirrar ou tossir;
  • Evitar o contacto direito com animais vivos em mercados de áreas afetadas por surtos;
  • Adotar medidas de etiqueta respiratória: tapar o nariz e boca quando espirrar ou tossir (com lenço de papel ou com o braço, nunca com as mãos; deitar o lenço de papel no lixo);
  • Seguir as recomendações das autoridades de saúde do país onde se encontra.

Hoje, também, a China anunciou mais 47 mortes causadas pelo coronavírus Covid-19, elevando o total para 2.835 desde o início da epidemia, e identificou ainda 427 novos casos, o que representa um valor superior àquele registado no dia anterior e que aumenta o número para um total de 79.251 infetados.

A grande maioria das mortes registou-se na província de Hubei (45), outra na capital, Pequim, e uma em Henan.

Todos os casos, com exceção de quatro, foram identificados em Hubei, incluindo 420 na capital da província, Wuhan, a metrópole onde o vírus começou.

A Organização Mundial da Saúde (OMS) observou que, na terça-feira, os novos casos contados na China foram superados pelos de outros países.

Pequim mantém medidas extremamente rígidas contra a epidemia, com 56 milhões de pessoas confinadas em Hubei, e restrições para evitar multidões em todo o país, tendo inclusive encerrado escolas.

As empresas começaram a reabrir provisoriamente após semanas de desaceleração da atividade económica.

A epidemia de Covid-19, que teve origem na China, em dezembro de 2019, já infetou mais de 84 mil pessoas em 53 países de cinco continentes, das quais morreram quase três mil.

Na Europa, Itália é o país mais atingido pelo surto, com 17 mortos e 605 infetados.

A OMS aumentou na sexta-feira para muito elevado o nível de ameaça causado pelo novo coronavírus, que pode causar infeções respiratórias como pneumonia.

A epidemia de Covid-19 foi declarada pela OMS como emergência de saúde pública internacional.

Veja em baixo o mapa interativo com os casos de coronavírus confirmados até agora

Se não conseguir ver o mapa desenvolvido pela Universidade Johns Hopkins, siga para este link.

Um bocadinho de gossip por dia, nem sabe o bem que lhe fazia.

Subscreva a newsletter do SAPO Lifestyle.

Os temas mais inspiradores e atuais!

Ative as notificações do SAPO Lifestyle.

Não perca as últimas tendências!

Siga o SAPO nas redes sociais. Use a #SAPOlifestyle nas suas publicações.