O Serviço de Cardiologia do Hospital de Santo André (HSA) organiza o primeiro Congresso Internacional de Cardiologia /International Cardiology Meeting, nos próximos dias 8 e 9 de Julho, na Batalha, reunindo cerca de duas centenas dos maiores especialistas nacionais e internacionais nesta área.

O objectivo deste congresso, sob o mote “Challenges in Cardiology” é, como explica João Morais, director do Serviço, «discutir os mais recentes avanços tecnológicos e ao nível da prevenção, diagnóstico e tratamento das doenças cardiovasculares, numa época em que a sua prevalência ainda está em crescimento».

 «No mundo ocidental, as doenças cardiovasculares matam actualmente mais pessoas que todos os tumores juntos», refere João Morais, acrescentando que, «apesar da inovação tecnológica e da evolução dos procedimentos de diagnóstico e terapêutica contribuírem para uma diminuição acentuada da sua gravidade, inclusive da mortalidade, a sua prevalência aumenta na mesma proporção do desenvolvimento dos países, graças à má alimentação e hábitos de vida muito negativos, com forte impacto nas doenças cardiovasculares».

 Este será o primeiro evento deste género no centro do País, «que se revela hoje um claro foco de evolução tecnológica e investigação médica», afirma João Morais. Neste congresso será possível conhecer os mais recentes avanços tecnológicos e ao nível da prevenção, diagnóstico e tratamento das doenças cardiovasculares.

 O International Cardiology Meeting abordará questões práticas fundamentais para a prevenção, diagnóstico e tratamento das doenças cardiovasculares, por exemplo o tratamento da hipertensão arterial, o controlo do colesterol e o seu impacto nas doenças cardiovasculares, e a prevenção do acidente vascular cerebral. A discussão destes temas tem uma grande repercussão na prática médica diária, e tê-la-á também na vida dos doentes.

 João Morais foi vice-presidente da Sociedade Portuguesa de Cardiologia, é membro da Sociedade Europeia de Cardiologia, onde é também secretário do  Grupo de Estudo da Trombose, desde 2010. É um dos mais respeitados cardiologias portugueses, com dezenas de intervenções e trabalhos científicos nesta área. Como director da Cardiologia do HSA, coordena a Unidade de Hemodinâmica e Intervenção Cardiovascular do HSA, a mais recente e avançada a funcionar em Portugal.

 Embora receba maioritariamente especialistas na área da cardiologia, o programa deste congresso está construído, segundo o Dr. João Morais, «para poder satisfazer o mais diferenciado cardiologista, dominador da alta tecnologia, mas ao mesmo tempo agradar ao médico de família que trabalha num centro de saúde longe de toda a parafernália tecnológica que hoje utilizamos».

24 de junho de 2011

Fonte: Midlandcom

Um bocadinho de gossip por dia, nem sabe o bem que lhe fazia.

Subscreva a newsletter do SAPO Lifestyle.

Os temas mais inspiradores e atuais!

Ative as notificações do SAPO Lifestyle.

Não perca as últimas tendências!

Siga o SAPO nas redes sociais. Use a #SAPOlifestyle nas suas publicações.