Com a utilização da talha (potes de barro) na fermentação das uvas, este tinto alentejano é um blend das castas Grand Noir, Trincadeira e Aragonês. Revela uma cor ruby carregado com alguma profundidade e no paladar é frutado, aveludado, com bons taninos, alguma complexidade e boa acidez.

Uma multiplicidade de carácter neste José de Sousa Tinto que se estende aos aromas, com notas de tâmaras, chocolate, carvalho, alguma baunilha, figos e especiarias concedem a este vinho um carácter único e intenso.

As vinhas que dão origem a este néctar localizam-se em Reguengos de Monsaraz, Alentejo, reduto de algumas das vinhas mais velhas da região.  Os solos de origem granítica e com excelente exposição solar acolhem as típicas castas alentejanas.

A aquisição da Adega José de Sousa, em 1986, pela José Maria da Fonseca, permitiu importantes investimentos na vinha e na recuperação dos potes de barro, dando um novo fôlego a uma das mais antigas adegas do Alentejo.

José de Sousa Tinto 2016 chega ao mercado com o preço recomendado de 7,99 euros.

Um bocadinho de gossip por dia, nem sabe o bem que lhe fazia.

Subscreva a newsletter do SAPO Lifestyle.

Os temas mais inspiradores e atuais!

Ative as notificações do SAPO Lifestyle.

Não perca as últimas tendências!

Siga o SAPO nas redes sociais. Use a #SAPOlifestyle nas suas publicações.