Pensemos em alguns dos ingredientes que apreciamos numa boa história. Há que a localizar numa terra lendária, enredada em mistério e brumas; juntar-lhe personagens com carisma, capazes de nos reter a atenção, mesmo quando as narrativas se alongam. Não raro, há que espicaçar a história com retoques de exploração, de momentos fundadores e, quantas vezes, impregná-la da busca do ingrediente secreto, de um tesouro inestimável. Quem nunca escutou a expressão, “a realidade supera a ficção”? A história que aqui lhe contamos inclui todos os tópicos anteriormente expostos, juntando-lhes um atributo: não foi necessário entregar o enredo à criatividade de uma mente talhada para a escrita. Todos os capítulos e personagens da história secular de Hendrick’s, casa que revolucionou a forma como bebemos e percebemos o gin, se fazem de factos constatáveis no tempo.

Comecemos pelo tempo mítico, o da fundação, no século XIX, em plena era Vitoriana. Situemos o enredo no sudoeste escocês, terra de litorais rochosos, tocados pelo ritmo oceânico. A pouco mais de um quilómetro da costa, onde as névoas encontram pequenos bosques, situa-se a aldeia de Girvan, com vista para a ilha vulcânica de Ailsa Craig. Aí, em 1886, William Grant e os seus sete filhos e duas filhas erguerem uma destilaria. Cem anos mediariam entre a construção da destilaria por William Grant e a decisão do seu bisneto, Charles Gordon, em adquirir, corria o ano de 1966, dois alambiques pouco comuns, o alambique Bennet, um antigo pote de cobre que data de 1860, e o seu par, o alambique Carter Head, datado de 1948 (do qual atualmente existem apenas alguns).

Um conto, dois alambiques e 11 botânicos. Sabe qual é o gin que se inspira nos quatro cantos do mundo?
Hendrick's

Por 33 anos, o par de alambiques descansou antes de lhe ser encontrado um destino. Este, chegaria em 1998, quando Charles Gordon contratou uma personagem que poderíamos dizer saída de um conto de ficção vitoriano. Leslie Gracie, uma química de formação e especialista em sabores, mulher de longos cabelos brancos, percebeu o espírito que animava Charles Gordon na sua procura por um novo e inusitado gin.

Em 1999, a mente inquieta da Mestre Destiladora Leslie, encontrou um futuro para os dois alambiques históricos. O mundo conhecia o gin Hendrick's e, com ele, uma nova celebração para uma bebida centenária. Na sua essência, Hendrick's nasce de uma extravagância, a da criação de dois gins depois unidos. Um, produzido no alambique antigo, o que cria uma bebida espirituosa rica e intrigante. Outro, produzido no alambique Carter Hed de pescoço alto, o que origina uma bebida espirituosa mais leve e mais delicada.

A partir do Palácio Hendrick’s Gin, Leslie Gracie encontrou a fórmula “mágica” para uma bebida destilada à base de cereais, passando por um processo de infusão de 11 botânicos, com flores, raízes, frutos e sementes provenientes das quatro partidas do mundo. Camomila, zimbro, cominho, sementes de coentros, raiz de lírio, entre outros, agem como complemento ao delicioso dueto de dois ingredientes que fazem de Hendrick's uma peça singular: a essência de pepino e as fragrantes rosas. O resultado é um gin complexo, embora de travo subtil e suave, num jogo de desafio para as papilas gustativas.

Um conto, dois alambiques e 11 botânicos. Sabe qual é o gin que se inspira nos quatro cantos do mundo?
Hendrick's

Como em todas as boas histórias, a raridade é um argumento de peso. No caso de Hendrick's há que reter todo o complexo processo de manufatura de um gin preparado em pequenos lotes de 500 litros para se aconchegar numa garrafa desenhada ao pormenor e que nos remete para as antigas garrafas medicinais. Na origem, o gin e o seu espírito eram tidos como um bálsamo para inúmeras maleitas. Hoje, é uma bebida de celebração, e encontros, de otimismo e alegria. Para desfrutar tão simples quanto possível, com água tónica, umas pedras de gelo, embora com o toque inusitado que Hendrick's pede: sirva-o num copo largo, dispense a rodela de limão e substitua-a por uma rodela de pepino. Decore com pétalas de rosa e algumas bagas de zimbro. E, se o caminho for fazer do gin inspiração para cocktails, prepare-os com o espírito de festa e de originalidade.

Um conto, dois alambiques e 11 botânicos. Sabe qual é o gin que se inspira nos quatro cantos do mundo?
Hendrick's

Agora que conhece um pouco da longa história de Hendrick's, reúna a a família e amigos e tempere a narrativa com a efervescência e surrealismo da época vitoriana, recorde Leslie Gracie e o seu gabinete de curiosidades instalado no Palácio Hendrick’s Gin e onde a especialista em botânicos exerce a magia da criação de novos sabores.

SEJA RESPONSÁVEL. BEBA COM MODERAÇÃO.

Um bocadinho de gossip por dia, nem sabe o bem que lhe fazia.

Subscreva a newsletter do SAPO Lifestyle.

Os temas mais inspiradores e atuais!

Ative as notificações do SAPO Lifestyle.

Não perca as últimas tendências!

Siga o SAPO nas redes sociais. Use a #SAPOlifestyle nas suas publicações.