Até 10 de maio estão abertas as inscrições para o prémio Ecotrophelia Portugal 2021, competição que desafia estudantes do ensino superior a refletir e criar produtos eco-inovadores.

Na prática, o prémio “visa o desenvolvimento de um produto alimentar inovador e sustentável a vários níveis, desde o conceito, formulação, produção, packaging, até aos planos de marketing, negócio e vendas, sem descurar as vertentes nutricional e sensorial”, lemos no site da iniciativa, dinamizada no nosso país pela PortugalFoods, associação que reúne entidades ligadas ao setor agroalimentar português.

O prémio de caráter internacional, realiza-se desde 2017 em Portugal, juntando-se ao grupo de 16 países que promovem a competição destinada a equipas multidisciplinares de dois a seis estudantes do ensino superior.

A edição de 2020 do prémio, “teve especial relevância para Portugal, uma vez que o projeto vencedor do concurso a nível nacional foi também o grande premiado europeu, entre os 13 países que estiveram a concurso”, lemos em comunicado. O produto em questão, um preparado fermentado, foi desenvolvido por duas alunas da Universidade de Aveiro.

No âmbito do desafio lançado pelo prémio resultou o “desenvolvimento de mais de 860 produtos alimentares eco-inovadores, dos quais mais de cem foram industrializados ou comercializados”, informa a PortugalFoods.

De acordo com o regulamento que acompanha o prémio, “a competição Ecotrophelia Portugal atribui três prémios monetários: Ecotrophelia Ouro: 2.000 euros, Ecotrophelia Prata: 1.000 euros, Ecotrophelia Bronze: 500,00 euros”.

“Com o objetivo de promover a iniciativa junto dos estudantes universitários portugueses, a PortugalFoods tem em curso um roadshow virtual pelas instituições de Ensino Superior, de norte a sul do país. Esta é uma ação de divulgação digital, com sessões a realizar em cerca de duas dezenas de estabelecimentos que desenvolvem conhecimento na área do setor agroalimentar nacional, em cidades como Braga, Porto, Aveiro, Coimbra, Leiria, Castelo Branco, Covilhã, Lisboa, Beja e Faro”, sublinha o comunicado.

“Fundado em 2000 em França, o Prémio Ecotrophelia ganhou dimensão europeia em 2008 (formato “Champions League da inovação alimentar”) e, desde então, já promoveu internacionalmente 115 competições nacionais, mobilizando mais de 500 universidades e mais de 4000 estudantes”, adianta a PortugalFoods.

Um bocadinho de gossip por dia, nem sabe o bem que lhe fazia.

Subscreva a newsletter do SAPO Lifestyle.

Os temas mais inspiradores e atuais!

Ative as notificações do SAPO Lifestyle.

Não perca as últimas tendências!

Siga o SAPO nas redes sociais. Use a #SAPOlifestyle nas suas publicações.