A verdadeira finalidade da criação de gado bravo são as corridas de touros para os machos e as tentas de selecção para as fêmeas. Contudo, a rigorosa selecção a que são submetidos os animais faz com que apenas cerca de 10% das fêmeas sejam aproveitadas para reprodutoras, enquanto cerca de 70% dos machos têm como destino as corridas de touros. Isto porque se um toiro bravo parte um corno ou se morfologicamente não tem trapio (não é belo), já não serve para aquele efeito. Assim, os restantes animais são encaminhados para a alimentação humana, mantendo todas as vantagens do sabor do campo.
A Ganadaria JC, em Arruda dos Vinhos, pretende comercializar junto de restaurantes e de particulares da área da Grande Lisboa peças de carne de gado bravo, de média ou grande dimensão (num mínimo de 25 quilos), cortadas segundo as instruções do cozinheiro. A Ganadaria garante, além da alimentação 100% natural e do sabor superior, um controlo sanitário regular e o abate dos animais num matadouro licenciado.

Para mais informações, contacte o telefone 96 2536124.

Um bocadinho de gossip por dia, nem sabe o bem que lhe fazia.

Subscreva a newsletter do SAPO Lifestyle.

Os temas mais inspiradores e atuais!

Ative as notificações do SAPO Lifestyle.

Não perca as últimas tendências!

Siga o SAPO nas redes sociais. Use a #SAPOlifestyle nas suas publicações.