A porta em azul elétrico, a cor que caracteriza o restaurante, abre agora no Príncipe Real, em Lisboa. Rui Sanches, CEO do grupo Multifood, responsável por trazer este conceito para Portugal, numa viagem a Miami ficou amigo dos fundadores, agora parceiros. “O Coyo Taco tem a ver com cultura de rua. Ou seja, boa comida, boa música e um bom bar”.

Sven Vogtland acrescenta: “Não se trata apenas de comida mexicana. É todo um conceito de lifestyle”. O objetivo foi criar uma oferta de comida autêntica, despretensiosa, com um serviço rápido e um ambiente cool. Em suma, imbuir na marca o espírito de Coyoacán — a cidade onde Alan Drummond nasceu e de onde vem o nome Coyo —, o bairro mais artístico da Cidade do México, de onde Frida Kahlo é originária.

COYO TACO, o novo restaurante mexicano em Lisboa nasceu no bairro dos artistas em Miami

A frescura e qualidade dos ingredientes é, desde sempre, o ponto de partida do Coyo Taco. A sua filosofia “Todo es fresco”, capta a essência da comida mexicana, sendo uma montra da gastronomia das suas diferentes regiões. Um dos segredos da casa está nas tortillas de milho, feitas artesanalmente no restaurante ao longo do dia, para garantir frescura, com recurso a uma prensa manual; sem o uso de máquinas, elas adquirem uma textura muito mais delicada e macia.

Na sua génese há uma farinha de milho especial, importada do México, a Nixtamal. Este ingrediente fulcral para tortillas verdadeiramente mexicanas, resulta de um processo de confeção dos grãos de milho secos com calcário em pó e água, que elimina a casca de milho, ou a deixa mais amolecida, dando origem a uma farinha muito mais suave depois de moída.

COYO TACO, o novo restaurante mexicano em Lisboa nasceu no bairro dos artistas em Miami

Todo o espaço apela à partilha e diversão. O ambiente é informal, jovem e urbano, com 24 lugares sentados e uma cozinha aberta, onde é visível todo o processo artesanal de confeção de uma tortilla, feita de raiz. A música ambiente, com uma playlist especial, e um bar com uma janela aberta para a rua que serve cocktails, fazem qualquer um ter vontade de pedir logo um sombrero.

Fernão Gonçalves, head barman do restaurante Pesca, criou a carta para o Coyo Taco: “Traduzimos os sabores mexicanos para um paladar português. As bebidas escolhidas fazem o pairing perfeito com a menu: "Nos cocktails adaptamos as best seller's Paleta-rita, margaritas com sabores e paletas (gelados mexicanos). Trouxemos a Coyo margarita, feita sobre gelo com sal de tajin (malagueta e lima); introduzimos ainda as bebidas clássicas mexicanas, como as micheladas, as cheladas e as palomas, assim com as cervejas Pacífico, Modelo e Allende”.

Há também os jarritos (sodas mexicanas com sabores) e outras bebidas sem álcool feitas no restaurante, "como é o caso da Orxata e da Água da Jamaica, ambas bastante consumidas no México, por fazer sentido estarem à mesa com sabores tão fortes”.

Are you taco to me?

Enquanto se estiver a estudar o menu, o conselho da casa é abrir o apetite com o Guacamole Coyo (acompanhado por tortilla chips) e uma margarita. Agora, sim, qualquer um estará preparado para colocar as mãos na massa — que aqui os talheres só se usam para as bowls e acompanhamentos.

COYO TACO, o novo restaurante mexicano em Lisboa nasceu no bairro dos artistas em Miami

De base, há nove opções de Tacos com Tortillas de milho artesanais e sem glúten (duas unidades por dose - entre 7,5 euros e 9,5 euros), três opções de Tortillas de trigo (duas unidades por dose – entre 12,00 euros e 16,00 euros), nove opções de Burritos (Tortilla de trigo, arroz, esmagada de feijão, pico de gallo, queso mixto e queso crema – entre 12,50 euros e 16,00 euros).

Há também nove opções de Burrito Bowls (arroz, esmagada de feijão, pico de gallo e queso crema – entre 12,50 euros e 16,00 euros), bem como nove opções de Ensalada Bowls (mistura de alfaces, guacamole, sementes de abóbora, queijo, vinagreta de chipotle, pico de gallo – entre 12,50 euros e 16,00 euros) e quatro opções de Quesadillas ( quatro fatias de tortilla de trigo com queso mixto, pico de gallo, salsa chipotle, coentros, queijo e queso crema – entre 13,00 euros e 16,00 euros).

COYO TACO, o novo restaurante mexicano em Lisboa nasceu no bairro dos artistas em Miami

Quanto ao recheio,  proteínas várias e duas opções vegetarianas. Destaque para o clássico Pollo Al Carbon (frango marinado grelhado, queso mixto, pico de gallo), para o Al Pastor (porco marinado, abacaxi braseado, cebola, queijo, coentros, chipotle), para o Alambre (vazia grelhada, bacon, chiles toreados, queso mixto, pico de gallo, salsa fresca, queijo, coentros); não esquecer ainda as Carnitas de Pato (pato confitado Michoacán style, salsa serrano, cebola roxa, queijo, coentros), a Cochinita Pibil (porco assado Yucatán style, achiote, picles caseiros de cebola e habanero, queijo, coentros) e o vegetariano Hongos (huitlacoche, cogumelos de época, queijo, pico de gallo e salsa serrano).

COYO TACO

Rua D. Pedro V, nº 64

Horário: 12h00 às 24h00 (até à 01h00, de quinta a sábado).

Contacto: 210 529 201

O toque final de doçura permite duas opções: quatro unidades de Churros (polvilhados com açúcar e canela, acompanhados de cajeta e molho de chocolate, 5,00 euros) e gelados de pau, as clássicas Paletas (de chocolate, dulce de leche, mousse de lima, morango e limão, ananás e hortelã, e manga – 4,50 euros/cada).

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Lifestyle diariamente no seu email.

Notificações

Os temas mais inspiradores e atuais estão nas notificações do SAPO Lifestyle.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.