Por vezes é difícil falar de formas de alimentação sem cair nas restrições e nos fundamentalismos. Mas a chef Mafalda Pinto Leite tenta contrariar esta ideia: “as pessoas não deviam ser fundamentalistas nem mudar de um dia para o outro tão drasticamente”. “Eu não faço isso e não obrigo os meus filhos a fazerem isso”, conta ao SAPO Lifestyle a chef, mãe de quatro.

Contudo, é possível adotar pequenos (grandes) gestos que vão, com certeza, fazer a diferença na nossa beleza interior: começar o dia com um sumo natural ou acrescentar mais saladas e sopas ao cardápio lá de casa. Para quem procura inspiração, este livro é “uma bíblia para os dias em que nos apetece comida mais saudável”, explica Mafalda.

Depois de três livros que lhe trouxeram o reconhecimento enquanto chef – é seguida por milhares de pessoas nas redes sociais –, Mafalda Pinto Leite vê neste quarto livro a sua essência. “É a minha verdade”, afirma a chef, lembrando que a sua primeira formação, feita nos Estados Unidos, foi um curso 100% vegan. Na altura, já há uma data de anos, “as pessoas em Portugal não estavam nem aí, não havia os ingredientes, nem havia a mentalidade que há hoje em dia”, acredita.

Atualmente, apesar de ainda existirem alguns preconceitos sobre a alimentação vegan, Mafalda considera que as pessoas estão mais interessadas e ávidas para experimentar coisas novas. No entanto, “não ser restritivo” é um dos ingredientes essenciais para que a receita de uma vida mais saudável tenha sucesso, até porque “cada pessoa tem o seu peso ideal” e “sabemos muito bem o que é que nos faz bem e o que nos faz mal”.

“Ir comprar sazonalmente, ir a um mercado biológico ao fim de semana e ter estes ingredientes para cozinhar durante a semana” é o melhor ponto de partida para começar a ter um estilo de vida mais saudável, defende Mafalda

Lasanha, pizza, wraps, noodles e até sushi. São pratos que fazem as delícias de muitos e que ganham uma interpretação vegan e crua pela imaginação de Mafalda Pinto Leite, que tem nas viagens uma fonte de inspiração para criar novas receitas.

“Queria que as pessoas abrissem o livro e que não percebessem automaticamente que o livro era saudável”, refere. E, realmente, as fotografias enchem os olhos de tal forma que seria impossível resistir a uma fatia da tarte de chocolate, com base de nozes e tâmaras e recheio de abacate e cacau cru, apresentada no livro.

Por falar em cacau, aqui ele deixa de ser vilão (se associarmos os chocolates cheios de calorias e açúcar) e passar a ser um aliado. A manteiga de cacau crua é, aliás, uma gordura boa consumida por Mafalda. “Todos os dias ponho no chá de manhã um pedaço pequenino”, conta, enfatizando que a manteiga de cacau crua ajuda a nutrir o cérebro, acelera o metabolismo e hidrata de dentro para fora.

Outro ingrediente que a chef recomenda é o cogumelo reishi, que ajuda no funcionamento do sistema imunitário, bastando consumir meia colher de chá por dia, que pode ser incluída no chá ou batido.

Além de dezenas de receitas saudáveis, o livro incluí explicações sobre os benefícios de diversos alimentos e de que forma eles nos podem ajudar a atingir uma beleza natural.

Um bocadinho de gossip por dia, nem sabe o bem que lhe fazia.

Subscreva a newsletter do SAPO Lifestyle.

Os temas mais inspiradores e atuais!

Ative as notificações do SAPO Lifestyle.

Não perca as últimas tendências!

Siga o SAPO nas redes sociais. Use a #SAPOlifestyle nas suas publicações.