Comecemos pelo tempo de confeção:

O tempo de fritura depende muito do corte de carne e da sua espessura. Em média, para um bife com cerca de dois centímetros de espessura, calcule:

- Mal passado: Dois minutos de cada lado.

- No ponto: Três minutos de cada lado.

- Bem passado: Quatro minutos de cada lado.

Quando fritar...

Fritar só quando a gordura estiver bem quente, mas sem queimar (em azeite, óleo, manteiga, margarina ou banha, depende do gosto. Os puristas preferem manteiga, mas é uma gordura pouco saudável!)

- Frite de um lado uns minutos, vire apenas uma vez e frite do outro lado.

- De preferência use uma pinça ou uma espátula para não furar a carne.

- Cozinhe poucas unidades de cada vez.

- Tempere com sal e pimenta só depois de cozinhar.

- Se gostar de um tempero mais "puxado", refogue alho e cebola e acrescente um pouco de vinho no final para o molho.

- Aqueça previamente os pratos onde vai servir os bifes para que cheguem ainda quentes à mesa.

Ao grelhar

Grelhar é uma opção perfeita para churrascos e muito mais saudável, porque não usa tanta gordura. Neste caso:

- Unte ligeiramente a carne com azeite.

- Coloque na grelha só quando esta estiver bem quente.

- Vire apenas uma vez, para não desmanchar a peça.

- Não aperte os bifes para não retirar o suco natural na carne.

- Tempere no final.

bifes

 Ao guisar

Guisar é uma alternativa a ter em conta quando a carne não é de lombo ou da vazia, se apresenta nervos ou é de menor qualidade.

- Bata o bife com um martelo de carne.

- Tempere com vinagre para amaciar.

- Prepare uma vinha d’alhos: mergulhe a carne numa mistura de vinho tinto, sal, alho e louro e deixe marinar algumas horas antes de cozinhar.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Lifestyle diariamente no seu email.

Notificações

Os temas mais inspiradores e atuais estão nas notificações do SAPO Lifestyle.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.