1. Gordura zero

Assegure-se que todos os utensílios que vai utilizar não apresentam gordura. Não é possível fazer crescer as claras até ao seu volume máximo se estiverem em contacto com gorduras. Mesmo uma pequena quantidade de gema pode causar problemas pois 1/3 da sua composição é matéria gorda.

2. Taça funda e arredondada

A taça (de vidro, aço inoxidável, ou cobre  - neste caso quando batidas à mão) onde vai bater as claras deve ser suficientemente funda e de base arredondada. O recipiente deve estar seco.

3. Nem alumínio nem plástico

Dentro do ovo espreitam perigos. Saiba como evitá-los e proteger a sua saúde
Dentro do ovo espreitam perigos. Saiba como evitá-los e proteger a sua saúde
Ver artigo

Uma taça de alumínio tende a escurecer as claras. Uma taça de plástico é demasiado porosa.

4. Use a vara certa

Use uma vara grande de arames em balão.

5. Opte pela temperatura ambiente

As claras aumentam mais facilmente de volume se, quando batidas, estiverem à temperatura ambiente.

6. Açúcar a meio do processo

Se tiver de acrescentar açúcar (sabor) ou cremor de tártaro (para estabilizar a espuma) às claras, faça-o só a meio do processo.

7. Uma pitada de sal facilita

À mão, bata as claras de baixo para cima num movimento circular. Se recorrer à batedeira, vá aumentando a velocidade à medida que as claras engrossam. Uma pitada de sal facilita este processo.

Se tiver de juntar às claras batidas em castelo qualquer preparação recorra a uma espátula. Faça movimentos de baixo para cima, apenas o suficiente para as incorporar ao preparado.

8. Nos picos está o segredo

Sabemos que as claras estão bem batidas quando formam picos bem firmes. As claras agarram-se às varas sem que os picos caiam.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Lifestyle diariamente no seu email.

Notificações

Os temas mais inspiradores e atuais estão nas notificações do SAPO Lifestyle.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.