Mesmo que não seja um homem plus size mas quer esconder a barriga de cerveja ou aqueles quilinhos a mais que o andam a atormentar e que ainda não conseguiu perder no ginásio, siga os truques seguintes e sinta-se mais confortável em cada situação.

Não tente esconder o corpo

Esta é a primeira sugestão que fazemos, vista-se consoante a ocasião e não se preocupe em esconder o seu corpo a todo o custo. Destoar completamente do ambiente só irá atrair ainda mais as atenções para si e não de forma positiva. Antes de tudo é necessário ter bom senso.

Use roupas do tamanho certo: nem demasiado largas, nem demasiado justas.

Este é dos piores erros mas também dos mais comuns que pode cometer. O primeiro instinto é cobrir o corpo com roupas largas para não se perceber a gordurinha a mais, o que só vai criar mais volume e parecer que é ainda maior do que na verdade é. O mesmo se aplica para roupa apertada de mais: só irá acentuar o facto de estar com peso a mais. O ideal é comprar roupas que sejam do seu tamanho correto.

Se não servir na perfeição, ajuste.

Muitas vezes é difícil encontrar peças que nos assentem na perfeição, até porque com as cadeias de roupa fast fashion e as tabelas de medidas standard é praticamente impossível que o nosso corpo corresponda a essas medidas pré-estabelecidas. O melhor é comprar roupa que nos assente bem e depois investir mais algum dinheiro ao levar as peças a uma costureira, para os ajustes e arranjos finais. Peças que vistam bem favorecem qualquer corpo.

Como as cores o podem favorecer

Convém apostar em looks que ajudem a criar continuidade: usar cores próximas umas das outras ou a mesma cor na parte de cima e nas peças de baixo faz com que o corpo ganhe comprimento e consequentemente pareça mais alto. Cores como o preto, o azul escuro ou o cinza escuro criam silhuetas mais magras. Isto deve-se ao facto de as cores escuras não criarem zonas de luz nas curvas que o corpo faz na roupa e que, fazem o corpo mais esguio. Tendo estas regras em mente, evite usar contrastes de cor que dividem o corpo e que só ajudam a alargar a silhueta e a criar pontos de foco em zonas que podem não o favorecer.

Veja ainda: Diferentes estilos no masculino

As sobreposições podem ser as suas melhores amigas

Usar a roupa por camadas ajuda a estruturar o corpo, o que dá a ilusão de estar mais em forma do que na realidade. Peças estruturadas e que favoreçam a zona dos ombros são ótimas para realçar os pontos fortes e a estatura ideal , de ombros largos, que se quer obter. As camadas também ajudam a esconder partes do corpo com que não se está tão à vontade e permitem que se tenha uma maior liberdade na escolha das cores: por exemplo, se tem uns jeans escuros e uma camisa branca que dividem o corpo, pode colocar um colete ou um polo de uma cor mais escura que deem continuidade ao corpo, favorecendo-o.

Os acessórios certos

Os acessórios devem ser escolhidos tendo em conta a escala: não devem ser demasiado pequenos. Como temos um corpo com maior volume, acessórios pequenos só o iriam enfatizar, para além de que se iriam perder e desvalorizar tendo em conta o look final.

Evite padrões chamativos

Padrões muito grandes e coloridos colocam o foco no corpo. O objetivo é levar a atenção das pessoas para o seu rosto, por isso, evite usar estampados de grandes escalas. Opte antes por padrões repetitivos em pequenas escalas que tornam a roupa mais interessante mas sem sobrecarregar a sua aparência. Riscas verticais fininhas são uma excelente opção para alongar a silhueta.

Use decotes em “V”

Esta forma de decote alonga o pescoço o que cria comprimento ao corpo tornando-o mais esguio.

No final das contas, a chave está em trazer equilíbrio e forma à sua silhueta, com peças que passem uma impressão de que o seu corpo é mais esguio do que na realidade é e favorecendo zonas do corpo que  se querem mais largas nos homens, como é o caso dos ombros.

Leia sobre: É um homem com estilo?